Visualizando posts com a tag " livro"

Sobre a 2a edição, a capa e outros pormenores…

jun 24, 2008   //   por Blog Corporativo   //   Blog Corporativo  //  10 Comentários

O material já está todo nas mãos da editora. Agora o conteúdo entra no processo de revisão do bom e velho português (particularmente eu odeio gramática e sofro para aprender novas línguas por causa disso) UPDATE: O livro está sendo diagramado de acordo como será impresso. Daí volta pra mim. Esse processo deve demorar uma semana.

Depois de aprovado o livro vai para a gráfica, onde ele passa de 2 a 3 semanas se multiplicando.

A nova edição (se tudo correr bem) estará à venda em meados de agosto.

Antes que me perguntem:

  • Não sei quanto vai custar. Quem determina isso é a editora e os órgãos literários competentes. E só depois de impresso.
  • A capa não vai mudar. A maçã (o mercado – detentor da informação e dos desejos) ainda continua sua saga de tentar se comunicar com as laranjas (as empresas – que fingem que a conversa não é com ela. Fechadas e azedas).
  • Mas eu quero ter a versão original e sem cortes” – ok, ainda tem uns leftovers no Submarino, na Martins Fontes Paulista e na Livraria Cultura.
  • Que vantagem eu tenho em esperar pela 2a edição?” – além dos updates, você terá a possibilidade de ler um novo capítulo chamado “Como vender o blog: Retorno sobre Investimento“.

Blog Corporativo no Google Books

jun 19, 2008   //   por Blog Corporativo   //   Blog Corporativo  //  Nenhum comentário

Se você ainda não leu o meu livro porque a primeira edição está esgotada e a segunda edição ainda não está disponível, ou ainda, se você acha que o conteúdo deve ser muito básico ou que não vale a pena entrar nessa história de blogs corporativos de cabeça, agora você pode fazer um autêntico test-drive antes de decidir comprar:

O meu livro acaba de ser disponibilizado pela minha editora no Google Books. Pena que ela não colocou a capa/contracapa disponível também. Vou falar com eles para ver se consigo atualizar.

Alí você poderá ter acesso ao conteúdo completo, porém limitado a uma certa quantidade de páginas que você poderá visualizar.

WWW = World Wide Wisdom

jun 19, 2008   //   por Serendipidade   //   Comportamento  //  1 Comentário

http://www.vlib.us/web/opte.org.jpgEstava no meu carro vindo para o trabalho hoje de manhã e, pensando sobre a vida, vi um endereço web em um outdoor. Na hora me ocorreu que a World Wide Web (rede de alcance mundial) é na realidade um World Wide Wisdom (inteligência em escala mundial).

Fiquei tão feliz… Aí pensei, certamente já pensaram nisso…

Pesquisei no Google: “World Wide Wisdom“. Tem até livro. Mas não cobrindo a – atualmente chamada – inteligência ou sabedoria das multidões (Wisdom of Crowds), nem o Crowdsourcing. Nem relacionado com o Gustave Le Bon e seu livro de 1895…

No final fiquei com a sensação de novidade. Vou usar o termo num capítulo do meu novo livro, só que relacionado com a sabedoria das multidões / uso das multidões para resolver problemas.

O velho conceito de criatividade usando dois conceitos diferentes combinados para criar um terceiro. Só um pouco atrasado… mas ao menos minha cabeça está funcionando…

Tipos de blogs corporativos

jun 17, 2008   //   por Blog Corporativo   //   Blog Corporativo  //  Nenhum comentário

Sim, mais uma classificação. Diferente da classificação que criei no meu livro, mas ainda assim interessante. Retirei da apresentação do Dr. Ansgar Zerfass, um reconhecido profissional de RP alemão. Clique na figura para ampliar.

Motivação – Qual o carvão que move essa locomotiva?

jun 2, 2008   //   por Serendipidade   //   Comportamento  //  Nenhum comentário

O Gerente - Mapa mental motivaçãoO que você pode fazer para conquistar quase tudo que a pirâmide das necessidades humanas de Maslow apresenta? A pergunta pode ter muitas respostas, mas como uma coisa puxa a outra, olhando os dois primeiros degraus – necessidades fisiológicas e de segurança – eu diria que o dinheiro é um forte candidato para conquistar um amplo espectro dessa hierarquia. Como as necessidades fisiológicas e de segurança são a base sustenta o todo, tenho fortes convicções de que, no mundo corporativo, o dinheiro motiva mais do que pensamos.

Estive estudando diversas teorias de motivação como parte do trabalho para meu próximo livro. Achei uma lista compreensiva no ChangingMinds.org. Para quem gosta de saber como funcionamos, nesse site temos teorias para diversos aspectos da vida como memória, crenças, persuasão, comportamento e etc.

Mas voltando ao assunto, quando falei sobre as teorias de motivação X e Y, ainda não imaginava que a coisa toda era mais complexa que imaginava. Sumarizando: Supondo que todo mundo pegue sua fatia financeira e volte para casa contente, ainda assim restaria o ‘desejo incondicional de felicidade’ colocando sua empresa em xeque. Por ‘desejo incondicional de felicidade’ entenda que falo da característica nunca satisfeita da condição humana, falo da ‘grama do vizinho ser mais verde’. É inevitável.

Aí você pergunta: você está louco? Primeiro fala que dinheiro é importante e agora não?

O fato é que em ambientes de negócios o dinheiro fala mais alto, especialmente se o funcionário sentir-se desafiado na conquista de uma fatia mais gorda do bolo. Muita gente trabalha para o ganha pão sem fazer o que mais gosta porque provavelmente não teria uma recompensa financeira significativa com sua paixão. Como o dinheiro é necessário graças ao capitalismo, e ainda que a busca pela felicidade seja perene, receber mais do primeiro sempre nos faz sentir mais próximos do segundo.

O mapa mental de motivação (figura) pode ser visto aqui.

Além dos blogs

mai 27, 2008   //   por Blog Corporativo   //   Blog Corporativo  //  4 Comentários

A matéria do Stephen Baker e Heather Green que li hoje na BusinessWeek resgata uma antiga matéria sobre blogs influenciando o mundo dos negócios (de 2005) e busca traçar uma atualização sobre o tema. O artigo de 2005 foi usado como uma das minhas referências quando estava escrevendo o livro, o novo artigo é pra lá de interessante (mas para quem respira web 2.0 pode ser um déjà-vu).

Resumo: em 2005 blogs iam mudar seus negócios, hoje são eles + as comunidades ou redes sociais virtuais. Vale dizer web 2.0.

O artigo me fez refletir em dois pontos:

- Os blogs, na busca por mais audiência, não poderão ser atualizados por apenas um autor. Para ter audiência é preciso postar muito. Por sua vez, postar muito significa tempo. Assim, autores em ascensão postarão menos e não mais crescerão em audiência, ou vamos viver a onda de “fusões e aquisições” para continuar crescendo.

- As redes sociais correm um severo risco de serem uma bolha. Os investimentos recentes em ferramentas desse genero estão cada vez mais agressivos. A população a ser servida é grande, mas o foco nessa ou naquela ferramenta é pequeno o bastante para se prejudicar muito caso, por mero capricho do usuário, eu julgar que aquele novo site é mais legal que o orkut, por exemplo.

Inovação não é só web 2.0

mai 20, 2008   //   por Serendipidade   //   Marketing / Negócios  //  Nenhum comentário

Amazon.comGuru fala e seus seguidores escutam. C.K. Prahalad, o homem que descobriu a riqueza na base da pirâmide, lançou no mês passado, em conjunto com and M.S. Krishnan, suas idéias sobre inovação no livro: The New Age of Innovation: Driving Cocreated Value Through Global Networks.

Segundo os autores, uma mudança global está ocorrendo no momento que você lê essas linhas. Essa mudança diz respeito à forma que as empresas criam proposições de valor para seus clientes, e se dá, segundo os autores, baseados em 2 pilares:

1. “Valor é fundado sobre experiências dos clientes únicas e personalizadas.” – O nome desse pilar é N = 1 (um cliente por vez) e podemos lê-lo como “cada cliente é único.”

2. “Nenhuma empresa é grande o suficiente em escopo e tamanho para satisfazer as experiências de um cliente em um determinado momento.” – O nome desse pilar é R=G (recursos de múltiplos fornecedores freqüentemente provenientes do mundo todo) e significa que o segredo é ter acesso aos recursos e não possuí-los.

Os autores nos lembram que a inovação não está somente em Google, Apple, web 2.0 e tecnologia de ponta, mas possuem outras facetas que não podem ser ignoradas. Já comprei o meu.

Livro esgotado? Solução…

mai 14, 2008   //   por Blog Corporativo   //   Blog Corporativo  //  16 Comentários

Algumas pessoas me escreveram dizendo que não estão encontrando o livro em determinadas livrarias. Admito ser verdade porque a primeira edição está praticamente esgotada.

Fazendo uma busca rápida pude constatar que ainda existem exemplares no Submarino, BestBooks, Martins Fontes Paulista e na Livraria Cultura.

Sobre a segunda edição – Eu já terminei a revisão de todos capítulos e estou concluindo já concluí o novo capítulo chamado: “Como vender o blog: Retorno sobre Investimento“. Vai valer a pena esperar.

Às vezes um livro se torna extensão do corpo

abr 25, 2008   //   por Serendipidade   //   Comportamento  //  Nenhum comentário

Literalmente imerso em uma leitura…

Leitura imersa

Fonte: FFFFOUND!

Maremoto de idéias

abr 9, 2008   //   por Blog Corporativo   //   Blog Corporativo  //  5 Comentários

GroundswellGroundswell – Esse é o mais novo livro de dois analistas da Forrester: Charlene Li e Josh Bernoff.

A Charlene já é bastante conhecida como uma analista que aborda as questões blog e redes sociais de forma eficiente e completa por meio de seus relatórios na Forrester. Cheio de idéias e estudos de caso, o livro certamente irá ajudar as empresas a entenderem como podem explorar a web 2.0 e fazer dinheiro. Como?

Fácil! O livro tem nada menos que 25 estudos de caso explorando essas novas ferramentas de comunicação e geração de idéias. Não há forma melhor que aprender com casos bem sucedidos do mercado. Isso é o que “melhores práticas” significa.

Detalhe: ROI de blogs, que será o tema de um novo capítulo na 2a. edição do meu livro também está presente nesse livro!

Por enquanto não temos versão em português (o livro foi lançado essa semana!). Na Amazon tem.

Páginas:«1234567...15»