Visualizando posts em "Blog Corporativo"

Na hora de comprar, leia blogs

dez 1, 2006   //   por Blog Corporativo   //   Apresentações/Pesquisas  //  3 Comentários

Cerca de um terço dos europeus dizem que decidiram não comprar um produto depois de ler opiniões postadas em blogs da internet. Segundo um estudo divulgado este mês pela American Marketing Association (AMA), os comentários publicados por blogueiros influenciam consideravelmente a opinião de consumidores na hora das compras. A pesquisa, lançada a um mês das festas natalinas, o maior período de compras do ano, foi realizada pela Hotwire e pela Ipsos MORI. [...]

Isso mostra nada mais que uma realidade já presente entre os consumidores. A Internet possibilita alcançar de forma fácil as ferramentas que um consumidor precisa para decidir de quem e quando comprar. Desde websites de comparação de preços, passando por opiniões de outros clientes no próprio site do vendedor, fóruns e agora nos BLOGS.

Via Folha de S.Paulo.

Prêmio Pulitzer vai incluir blogs

nov 29, 2006   //   por Blog Corporativo   //   Blog Corporativo  //  3 Comentários

Wikipedia.orgO prêmio de jornalismo mais célebre do mundo está entrando na onda dos Blogs. Isso promete transformar de forma definitiva a atenção dada aos Blogs e seu poder “jornalistico” instantâneo, interativo e eficiente. Não que a própria imprensa já não se tenha dado conta disso, mas o fato é estimulante até mesmo para futuros escritores que venham a surgir por meio da sua fama nos blogs.

Assim como a internet, que é um grande meio para transferir idéias, modas, e até mesmo dados pessoais (muitas vezes prejudicial) de forma veloz, o blog em jornalismo, o qual eu não considero um Blog Corporativo apesar de ser parte de uma empresa, e o blog amador também navegam nessa onda e ajudam projetar pessoas que antes não teríam condições de se colocar no mercado de forma visível.

A informação está no press-release do último dia 27 no website oficial do Prêmio Pulitzer.

Via: Bloggers Blog

Como escrever um post no seu blog

nov 22, 2006   //   por Blog Corporativo   //   Blog Corporativo  //  3 Comentários

Por Seth Godin

Uma figura apropriada,
Um assunto útil, e que pode se espalhar por ser útil a um grande número de leitores,
Linguagem simples e sem jargões,
Não muito longo,
Focando em algo que as pessoas já aceitaram como verdadeiro,
Que inicialmente provoca resistência emocional,
Depois vai começando a convencer,
e finalmente,
Faz com que seu leitor veja o mundo de maneira diferente pelo resto do dia.

Em tempo, o WordPress, a melhor plataforma de blogs está lançando seus tentáculos no mundo corporativo.

O livro em destaque

nov 18, 2006   //   por Blog Corporativo   //   Blog Corporativo  //  6 Comentários

Duplamente feliz hoje. Duas grandes realizações que considero marcos no crescimento da divulgação do meu livro e suas idéias.

Primeiro: Ricardo Neves, colunista da Revista Época, autor e consultor empresarial, me deu a honra de ser apresentado em seu blog. É uma satisfação receber um feedback de um leitor tão ilustre.

“[...]Como tudo na vida, isto tem ciência e arte e atrás delas acabei encontrando um livro que me ajudou muito: Blogcorporativo, de Fábio Cipriani (Editora Novatec, 2006). Essa é uma dica quente. Simpático e simples. Fácil e gostoso de ler. Não é um desses livrinhos para nerds, hackers ou para os caras de TI (tecnologia de informação) da empresa que vivem de escovar bits.[...]“

Segundo: o Blog Eita. Este blog nasceu hoje (faço votos de prosperidade). Vejam um de seus posts inaugurais:

“O ímpeto de criar um blog foi motivado em boa parte, após a leitura desse livro.
Não que a pessoa aqui seja jurídica, mas o conteúdo apresentado serviu como estímulo a buscar coisas novas, ou nem tão novas assim.

O fato é que Fábio Cipriani conseguiu alinhar conceitos, cases, metodologia e a importância cada vez maior de participar desse meio de forma simples, de fácil leitura e bastante proveitosa.

Já leu?”

Já agradeci muitas pessoas na página de agradecimentos do livro, mas são vocês, leitores, a quem eu devo o meu sincero muito obrigado.

Valeu!

Feed dos Comentários

nov 17, 2006   //   por Blog Corporativo   //   Blog Corporativo  //  1 Comentário

O pessoal tem feito comentários cada vez mais pertinentes e colaborativos, por isso decidi abrir um Feed RSS para que vocês possam assinar os comentários feitos aqui no blog. Em breve vou colocar algo do tipo: “quero receber um email quando alguém comentar este post”.

Assine os comentários do blog por meio deste pequeno ícone ao lado (também disponível na barra lateral do blog):

Sobre blogs falsos

nov 16, 2006   //   por Blog Corporativo   //   Blog Corporativo  //  2 Comentários

fried-egg.jpgO burburinho da campanha do Prisma foi para as cabeças. Reconheço a efetividade da campanha. Eu disse no outro post que eu era meio contra blogs de personagens fictícios, mas não disse que não poderia dar certo. Temos diversos exemplos (de relativo sucesso) na blogosfera: Moosetopia, Gourmet Station, esse aqui da Casa Bonduelle tem até foto dos diversos “falsos” blogueiros e gerou comentários.

Especialistas de comunicação, como o Steve Rubel, acham uma completa perda de tempo. Olhando do ponto de vista de que um blog de personagem fictício é um blog falso (porque é contrário ao senso de que temos sempre uma pessoa real por trás dos posts), um blog de personagem pode acabar se juntando inclusive aos Spam Blogs, ou Splog, a escória do universo blogosférico.

Não estou dramatizando, até porque a campanha da GM foi e é melhor que a da Fiat e seu Blog do Gino. Quem sabe com esse blog não podemos aprender como fazer blogs de personagens bem sucedidos?

Leia um pouco a respeito neste artigo.

Voltando ao contexto empresa. O blog corporativo é uma ferramenta de “marketing de conversação”, você tem a possibilidade de se aproximar e deixar sua empresa ainda mais humana, não é nada conveniente iniciar toda essa conversação com seus clientes com uma mentira.

Mas o mundo é grande, o mercado é grande, o consumidor não é mais aquele… Pense a respeito, traga suas opiniões.

Os Blogs e as Empresas

nov 15, 2006   //   por Blog Corporativo   //   Apresentações/Pesquisas  //  2 Comentários

Por Cris Correa do Portal Exame via Business Opportunities Brasil

Para muitas empresas brasileiras, blogs e Orkut ainda são assuntos praticamente desconhecidos – e muitas vezes subestimados.

Embora a influência dessas “mídias” ainda seja restrita, a verdade é que o poder de fogo dos blogs e das comunidades virtuais está aumentando. Um levantamento feito pela IC Digital (braço de internet da agência de comunicação Imagem Corporativa) identificou que o universo de internautas que usa a rede para reclamar de empresas (ou até elogiá-las) não é nada desprezível. Veja os resultados encontrados nos três setores pesquisados:

Operadoras de telefonia celular

- Existem 3.386 postagens em blogs citando as três maiores empresas de telefonia celular que operam no país – O Orkut possui 773 comunidades referentes ao tema, das quais mais de 200 são de caráter negativo. As comunidades nas quais os usuários declaram insatisfação com as operadoras somam mais de 44 500 membros e possuem fóruns de discussão com intensa participação – aproximadamente 5 novos tópicos são abertos por dia. A campeã de reclamações é a VIVO, com 27 000 comunidades

Varejo

- Existem cerca de 495 citações em blogs a rede Pão de Açúcar e 1506 sobre o Carrefour (os dois maiores supermercadistas do país)

- No Orkut, as três maiores comunidades positivas sobre o Pão de Açúcar somam 6 000 membros – quase 100% mais participantes que as três maiores comunidades negativas. O Carrefour conta com 2074 participantes nas três maiores comunidades a seu favor – 72% mais que as três maiores comunidades contra a rede de supermercados

Farmacêutico

- O setor é citado em 1160 postagens em blogs. As citações vão de manifestos contra o uso de pílulas contraceptivas a informações educativas sobre a área médica

- Nas comunidades virtuais, o levantamento indicou que embora muitos internautas brasileiros se posicionem contra laboratórios, medicamentos e a alta cobrança de impostos em cima dos remédios (em grupos como “Não à indústria farmacêutica” e “Amamos medicamentos genéricos”), o setor ainda é visto de uma maneira mais positiva do que negativa.

Sua vida trouxe você até aqui…

nov 9, 2006   //   por Blog Corporativo   //   Blogs específicos  //  3 Comentários

prisma.jpg…este é o título de mais um blog de produto recém-lançado. Nesse blog não é dito nada sobre o lançamento do Prisma, o novo automóvel da Chevrolet. Mas podemos ver facilmente que o blog é parte da campanha publicitária da GM na página de perfil do mesmo.

Já vimos aqui que o blog é uma ótima ferramenta de posicionamento em ferramentas de busca. Aparentemente a GM e sua agência publicitária responsável pela campanha adotaram o blog para tornar a vida de um certo personagem fictício mais real e ganhar visibilidade.

Uma pena que eu seja meio contra blogs de personagens fictícios, mas o que valeu aqui foi a tentativa de se posicionar na rede e espalhar o curto vídeo viral. Sem dúvida, uma campanha de marketing que soube explorar o blog.
O blog foi lançado em outubro, junto com a campanha, mas os posts possuem data de agosto de 1971 até outubro deste ano. Foram “forjados” para dar a idéia de continuidade e do caminho da vida desse nosso personagem. Meu livro aparece no post de maio.

Mini-Microsoft

nov 8, 2006   //   por Blog Corporativo   //   Blog Corporativo  //  2 Comentários

microsoft-logo.jpg… este é o nome de um blog pessoal de um funcionário da Microsoft que continua anônimo na rede e dentro da própria empresa. Ele existe desde 2004.

Segundo a Wikipedia, este blog possui créditos de ser realmente de um funcionário da empresa, pois já passou informações verdadeiras sobre mudanças internas ao longo deste ano.

Mais do que nunca, isso é uma prova evidente de que seus funcionários possuem blogs e podem estar falando, elogiando ou reclamando da sua empresa na rede, e mesmo divulgando dados relevantes.

Não é para se assustar, toda empresa deve estabelecer uma política de uso para blogs e deixar seus funcionários conscientes das conseqüências de postar informações confidenciais em seus próprios blogs. Mesmo empresas que nem pensam em construir seu próprio blog.

Valeu Vinicius!

12 razões de porque as empresas não blogam

nov 6, 2006   //   por Blog Corporativo   //   Blog Corporativo  //  8 Comentários

1 – Você não entende porque você necessitaria de um blog corporativo. Nem o seu Presidente.

Há várias razões para você considerar um blog corporativo. Vocês conhecem a importância do Google nos seus negócios? Blogar = Se posicionar bem ferramentas de busca. Diga isso ao seu presidente.

2 – Você é o presidente. E você não irá permitir seus funcionários blogarem.

Porque não? Você precisa de uma política e normas de uso sobre blogs. Devem existir limites, mas forçar seus funcionários a não blogar pode ser demais, até porque muitos deles já devem estar blogando por fora da empresa.

3 – Você acha arriscado deixar seus empregados escreverem seus posts.

Se você estabelecer o assunto, a idéia do conteúdo, as regras básicas, seus empregados serão capazes de se sair bem. Se algum deles não segue as regras, mais cedo ou mais tarde ele iria ser um ex-funcionário de qualquer maneira. Encontre um blogueiro principal e passe a moderar os posts por amostragem. Lance o blog internamente por 1 mês ou 2 antes de abrir para público.

Se você vai contar detalhes da empresa que merecem ser conhecidos pelo mercado, deixe alguém mais próximo da tarefa fazer os posts, passar toda a tarefa para departamentos ou agências de comunicação pode deixar o post menos interessante.

4 – Sua agência de RP acha o blog uma má escolha.

Faça algumas perguntas a eles: Pergunte como o Google funciona, pergunte sobre RSS, peça dicas de como escrever textos, pergunte como blogar pode ser ruim tendo tudo isso em mente. Verifique se sua agência realmente tem conhecimento sobre blogs antes de acatar a decisão.

5 – Você mencionou sua intenção para o pessoal de IT. Agora está na agenda de futuros desenvolvimentos.

Quando pensamos em internet, é melhor confiar nos profissionais de marketing ou de gestão. Eles são quem dão as regras e o objetivo do blog.

6 – Você não sabe ainda quem irá contribuir no blog, ou o que você irá abordar nele.

Não adianta assumir toda a responsabilidade, você precisa dividir a tarefa com alguem que possa se dedicar mais tempo. Blog é um investimento em RP e posicionamento (no mercado e em ferramentas de busca), eles dá visibilidade à empresa, solidifica uma comunidade, humaniza a empresa. Lembre-se que nem todo blog corporativo precisa ser sobre seus negócios (veja meu livro).

7 – Você não consegue ver os benefícios sejam lá quais forem. Deve ser uma completa perda de tempo.

Sempre existem exceções. O blog pode não ser perfeito para todas companhias.

8 – Você não vê nenhum retorno ao investimento.

O blog deve ser visto sob o ponto de vista das conseqüências. Quanto vale ter clientes satisfeitos e falando bem da sua empresa ao longo de páginas e páginas na internet? Como uma maior fidelização de clientes ou aumento na participação por propaganda boca-a-boca pode não ser um tipo de retorno? Nem tudo é retorno financeiro.

Mas ele existe, porque as conseqüências citadas acima certamente irão afetar positivamente suas receitas.

Que tal olhar o retorno sobre riscos?

Se os clientes que vão interagir com a empresa ajudarem desenvolver novos produtos e serviços, eles serão seus principais consumidores e agentes de marketing.

9 – Você não tem idéia de como montar um blog.

É muito fácil. Você pode hospedar em um servidor web alugado (usando WordPress, MovableType), or hospedar em serviços próprios para isso (usando Typepad, Blogger).

10 – Você acha que o blog é só uma moda passageira.

Claro que é, você tem toda a razão…

11 – Você considera que o que funciona nos Estados Unidos não irá funcionar aqui, pois lá eles possuem um ambiente completamente diferente.

Não importa o local do seu mercado, a internet está cada vez mais presente e cada vez com mais usuários, posicionar-se bem nesta infinidade de possibilidades é essencial (e o blog ajuda bastante). Além disso, usuários estão, com a ajuda da internet, mais exigentes e antecipados, você não pode ficar fora dessa. Dê visibilidade para sua empresa.

12 – Você acha que blogar não vai dar certo para seu tipo de negócios.

Você pode estar certo. Mas ao menos tente saber os benefícios antes de atirar esta moeda. Lembre-se que você não precisa falar exclusivamente sobre o que você faz ou vende, ninguém quer saber se você comprou uma impressora nova que faz um barulho irritante. Eles (sua audiência) se importa com coisas que eles mesmos querem ler, querem saber mais sobre assuntos que circundam seu métier.

Fonte: e-consultancy e algumas poucas das muitas idéias presentes no meu livro.