Clipping :: Gazeta Mercantil – Cresce o uso de Blog no cenário corporativo

Cresce o uso de Blog no cenário corporativo

29/10/2008

O Brasil já possui 269 blogs corporativos. Desse total, 179 são de pequenas e médias empresas, outros 57 são de grandes corporações e o restante se divide em blogs de ensino e de instituições, entre outros. As informações são do autor do livro “Blog Corporativo (Editora Novatec), o consultor Fábio Cipriani. Para ele, os blogs podem ser bem mais úteis na relação empresa-cliente para as pequenas e médias do que para as grandes corporações. Cipriani é formado em engenharia elétrica pela Escola de Engenharia de São Carlos da USP e vive em Amsterdã (Holanda), onde é consultor empresarial da Deloitte, empresa de serviços profissionais. A seguir, a entrevista concedida por e-mail por Cipriani:

Gazeta Mercantil – Há um “boom” de pequenas e médias empresas apostando nessas novas mídias para potencializar seus negócios? É possível quantificar esse movimento?

Eu diria que hoje existe mais uma tendência. O “boom” não foi e não é pontual, ele vem acontecendo desde 2006, quando as pequenas/médias empresas descobriram blogs e comunidades virtuais como forma alternativa de marketing. A adoção certamente ocorre com mais freqüência em empresas desse tipo porque são menos burocratizadas e com hierarquia horizontalizada. Além disso, o risco de novas iniciativas prejudicarem o desempenho dos negócios é mais baixa porque a ação é menor. No meu wiki (http://wiki.blogcorporativo.net) mantenho uma lista de blogs corporativos e a lista de pequenas/médias empresas é bem maior que as demais categorias. Essa é uma forma de quantificar.

Gazeta Mercantil – Dá para traçar um perfil do uso de cada ferramenta? Por exemplo, o blog corporativo tem o objetivo de abrir um canal direto de comunicação com o consumidor, para que ele possa reclamar ou dar sugestões. E o orkut, e-groups, fóruns, sites de sharing e messengers?

Sim é possível, cada um pode ter uma forma de aplicação e resultados diferentes, mas no final todos os novos canais que a internet está abrindo para a comunicação empresa-cliente e cliente-cliente tem a nobre funcionalidade de criar uma comunidade baseada no diálogo aberto e troca de idéias interessantes. Uma comunidade em torno das suas idéias e sua marca.

Gazeta Mercantil – O custo desse tipo de ferramenta é alto em relação aos outros tipos de ação de marketing mais tradicionais?

De forma alguma. Publicidade tradicional é caríssima quando comparada com o custo de manter um blog ou visitar freqüentemente uma comunidade em redes sociais. O custo não é uma barreira para as empresas que querem estabelecer um canal de diálogo com o mercado. A maior barreira hoje é a falta de informação sobre os benefícios dessas ferramentas e a falta de conhecimento sobre o que acontece dentro dessas comunidades virtuais.

Gazeta Mercantil – Como uma pequena ou média empresa pode montar seu próprio blog ? Ela deve procurar uma consultoria?

Ela pode procurar uma consultoria, mas no meu ponto de vista essa atitude quebra o encanto. Explico. Um autêntico blog nasce do interesse de um indivíduo – não uma empresa – em construir conversações em torno de um tema. Quando a empresa, na figura de um profissional, vai atrás da informação e usa a própria internet ou a literatura disponível para construir sozinha seu conhecimento sobre blogs, tudo tende a acontecer de forma muito mais natural e acertada. Lógico que podemos contar com uma consultoria para orientar a empresa nos primeiros passos, é até recomendável quando o conhecimento é nulo, mas uma vez construída a arquitetura do blog é importante. Temos pessoas de dentro da organização dando o seu ponto de vista e tom nas conversas do blog.

Gazeta Mercantil – Você acha que no caso de uma pequena ou média empresa os resultados de um blog corporativo podem ser tão positivos quanto os de uma grande multinacional?

Certamente. O blog de uma pequena/média empresa costuma atingir resultados positivos tão rápido quanto blogs de grandes marcas. Além de ser um canal de comunicação moderno, o blog pode ser o primeiro website de muitas empresas e costuma se posicionar melhor em ferramentas de busca. Só o número de oportunidades de negócio que o blog pode gerar no médio prazo possibilita dizer que às vezes pode ser muito mais frutífero em termos de venda e marketing para a pequena/média empresa do que para uma grande marca.

Gazeta Mercantil – Quais são os erros mais freqüentes na montagem de um blog corporativo e como evitá-los?

O maior erro no caso do blog é começar a conversa sem entender o que é a blogosfera e como interagir com comentários e outros blogueiros. No geral, muitas empresas entram na discussão por ser algo muito falado hoje na imprensa e na internet, isso sem ter um objetivo traçado. Engajar-se com a Web 2.0 deve fazer parte de um plano bem estruturado com metas e modos de mensurar resultados. Entendê-la é o primeiro passo.

Gazeta Mercantil – Como tornar os blogs e demais mídias interessantes para o consumidor e como levá-lo até esses serviços?

Primeiramente, a dedicação para manter consistência e continuidade nas interações, depois, colocar pessoas da empresa na linha de frente, e não a empresa em si. Humanizar a discussão é a melhor forma de manter o interesse da audiência. Temas criativos em torno da marca costumam atrair pequenos nichos de interessados que podem, no final, agir como evangelistas espalhando ainda mais o seu nome.

Gazeta Mercantil – Quem deve escrever no blog corporativo? O presidente da empresa, o diretor de marketing, funcionários comuns?

Antes de tudo uma pessoa, não uma entidade abstrata. Não importa quem é o blogueiro, essa pessoa deve gostar de escrever no blog e manter diálogo com a audiência. Geralmente, o blog de um presidente ajuda a posicioná-lo como especialista na área em que atua. O blog de funcionários comuns pode trazer o ponto de vista curioso de alguém de dentro da realidade da empresa. Diretores e gerentes, que são pessoas que conhecem bastante o negócio da empresa, podem trazer ou discutir idéias de temas em torno do produto que pode ajudar a conhecer ainda melhor o perfil de sua carteira de clientes. Cada escritor pode trazer benefícios diferentes se a iniciativa for explorada adequadamente.

Gazeta Mercantil – Além das mídias virtuais existentes, estão surgindo outras novas? Qual é o próximo passo corporativo na internet?

A mais recente é o uso de “microblogging”, ou pequenos posts para divulgar lançamentos, idéias e a própria marca. O Twitter provê espaço e as empresas estão criando formas de usá-lo para benefício próprio.

Autor: Rubens Linhares
Fonte: Gazeta Mercantil

< Voltar para ‘Imprensa’