Como não ser ignorante querendo saber de tudo um pouco

jul 31, 2005   //   por Serendipidade   //   Comportamento  //  2 Comentários

No post “Quanto mais sei menos eu sei” chamei todo mundo de ignorante e incompetente perante a imensidão de coisas a aprender.

Sou uma pessoa que gosta de saber de tudo um pouco, gosto de conhecer uma grande variedade de assuntos, mas no fundo, quero saber dos assuntos que me interessam, sempre tem alguma coisa que desagrada e não condiz com o que queremos aprender ou conhecer.

Conhecimento e EspecialidadeAplicando essa observação ao nosso circulo de aprendizado apresentado no post acima mencionado, teremos um novo conceito de conhecimento de crescimento assimétrico, tendendo mais para os assuntos de nosso interesse particular. Assim, seria possível conhecer um pouco de muitas coisas, porém se aprofundando em algumas específicas áreas de conhecimento.

Niguém faz universidade de todos os cursos, ou trabalha precisando de toda informação disponível. Nós atuamos em “nichos” de conhecimento, cada qual no seu desejo particular.

Agora que já não somos mais ignorantes ainda resta a incompetência. Mesmo sabendo muito de algo específico, os limites ainda existem e tornam todo mundo incompetente também.

Voltamos a falar da incompetência depois.

2 Comentários

Escreva um comentário