Pensar é fácil… difícil é demonstrar que sabe…

mar 11, 2008   //   por Serendipidade   //   Comportamento  //  2 Comentários

comunicacao.jpgSe você é o maior especialista do mundo em um determinado assunto, você pode ser requisitado em diversas partes por seu conhecimento. Supondo que você só falasse português e que não haveria nenhum intérprete disponível no local requisitor, o que resta de você?

Nada, é a resposta.

A gente pode passar a vida toda acumulando conhecimento, experiência, técnicas ou macetes, mas se não formos capazes de passar o recado pra frente, não conseguimos nos firmar perante empregos, desafios e indagações do cotidiano humano.

Daí a importância de uma segunda língua ou habilidades de comunicação interpessoal ligadas ou não à fala. Conhecimento e raciocínio são os combustíveis e a comunicação é a faísca para movimentar o motor da vida.

Tudo o que falei é óbvio, mas não custa manter esse pensamento funcionando no segundo plano da sua cabeça.

2 Comentários

  • Oi Fábio,
    Tudo bom?

    Aqui é a Francine da Salem Guerrilha (www.salem.com.br), e estou trabalhando na divulgação do novo filme de Marcos Jorge, o “Estômago”, que foi premiado no Festival uruguaio de Punta del Este.

    Gostaria de convidá-lo para uma data que preparamos para alguns blogueiros.

    Eu prefiro passar mais detalhes, como dia e horário, por e-mail. Você pode entrar em contato comigo pelo francine@salem.com.br?

    Se quiser, assista a uma palhinha do filme no site da produção, o http://www.estomagoofilme.com.br.

    Aguardo seu retorno! :)

  • Um bom domínio do meio pelo qual se deseja transmitir o conhecimento é um fator importante e interessante.
    Acredito existir pessoas que melhoraram muito a sua capacidade de comunicação com o advento de meios como os chats, instant messagings, emails, fóruns, blogs, microblogs e outros. Cada um com o seu formato e diferentes regras atendem os mais diferentes tipos de “interlocutores”.

Escreva um comentário