Social é centrado em pessoas e não em tecnologia

set 27, 2009   //   por Serendipidade   //   Marketing / Negócios  //  2 Comentários

Estou todo feliz e contente pesquisando o comportamento humano para entender melhor esse tal de ser humano nas relações interpessoais e vida em comunidade.

Quando estava bolando o conceito de CRM Social já dizia que clientes são, antes de mais nada, pessoas. Por isso fiz minha teoria estratégica em torno das pessoas e não em torno da tecnologia, web 2.0, mídias sociais, ou seja lá qual for o nome de qualquer website que promove conexão entre humanos.

Aí vem meu caro amigo Mauricio e me manda esse link perguntando se eu não gostaria de explorar essa idéia no meu novo livro. FUCK THAT! (foi minha reação). Se trata simplesmente de um novo livro americano no forno e que se centrará no Humano 1.0 ao invés de na Web 2.0. Um dos autores trabalha na mesma empresa que eu. E eles tem muito mais acesso a recursos como CMOs e cientistas. De qualquer forma eu recomendo e estarei esperando pela publicação com água na boca, só que eu quero publicar antes deles!

A metodologia de estratégia do meu livro é centrada na idéia de que só entendendo o comportamento e os perfis de usuários online e seus diferentes canais de comunicação que uma empresa consegue trilhar seus caminhos no mundo das mídias sociais.

Enfim. Em breve todos nós teremos muita gente falando nisso! Evviva!

2 Comentários

  • Caro Fábio, espero ansioso pelo lançamento de seu livro!
    Por isso é importante engajar com seus prospects e clientes nas plataformas de mídia sociais que eles frequentam, desenvolvendo relacionamentos de qualidade. Desenvolver relacionamentos de qualidade pode aumentar tremendamente sua base de prospects qualificados e clientes. Isto diminui gastos na atração e aumenta a rentabilidade do marketing.As mídias sociais vieram para ficar, não são um modismo passageiro a ser ignorado.

    • O problema é que as empresas querem ganhar dinheiro primeiro e depois trabalhar duro. Aí fica difícil…
      Abraços!

Escreva um comentário