Visualizando posts com a tag " Dicas"

Pequenas Empresas Grandes Negócios

mai 9, 2007   //   por Blog Corporativo   //   Blog Corporativo  //  1 Comentário

pegn.jpgO Blog Corporativo é destaque na edição de maio da revista Pequenas Empresas Grandes Negócios.

O texto abaixo foi retirado do site da revista, e foi baseado em trechos do livro.

Confira aqui algumas dicas para criar o blog de sua empresa

Políticas de uso - Determinar e documentar as políticas de uso do blog levando em conta seu tipo, assunto e o tipo de escritor que vai utilizar (externo, interno, presidente, diretor, etc). A política tem a finalidade de proteger a empresa contra a divulgação de informações confidenciais, de proibir o uso de palavras de baixo calão ou discriminação racial, e de prevenir problemas judiciais por artigos mal escritos ou comprometedores. Ela deve ser revista e avaliada pelas lideranças da companhia.

Normas e procedimentos - Estabelecer quais serão os procedimentos para manter a página atualizada, estabelecer quem vai possuir acesso à administração do blog, quando e quantas vezes será permitida a publicação de textos. A norma é importante para evitar um exagero no número de textos (posts) publicados, ou a falta deles. Também deve ser revisto se o blog será aberto a comentários, quam os fará e se será feita uma moderação, para evitar comentários de pessoas mal-intencionadas.

Manuais e treinamentos - Seja qual for o resultado da escolha para o escritor do blog, é necessário e importante treiná-lo e prepará-lo para utilizar o blog. Não tanto pelo aspecto do uso da tecnologia, o que é relativamente simples, mas principalmente pela melhor preparação da pessoa responsável pelos textos.

Alinhamento organizacional - Todo projeto pode causar impacto em todo o corpo de funcionários, para o bem ou para o mal. As pessoas geralmente se interessam por novidades da empresa, mas é sempre bom mantê-las atualizadas sobre os últimos passos antes do lançamento oficial do blog. Elas poderão ser de grande valia no momento de espalhar essa novidade.

Ferramenta - Determinar qual será a solução para blogs utilizada pela sua empresa. Dentre os tipos existentes, temos os servidores de blogs gratuitos (não são uma boa opção, pelo fato de existirem algumas limitações, além da falta de privacidade), como é o caso do Blogger (www.blogger.com). Temos também os servidores pagos de hospedagem de blogs, como o TypePad da Six Apart (www.sixapart.com/typepad). Uma alternativa um pouco mais complexa seria instalar uma plataforma de blog em um servidor próprio ou alugado pela empresa, e aqui podemos usar uma plataforma gratuita, como o WorldPress (www.worldpress.org), ou paga, como o Movable Type (www.sixapart.com/movabletype), também da Six Apart.

Endereço web - Estabelecer como será o endereço na internet do seu blog. Caso ele seja hospedado gratuitamente ou em um serviço on-line pago, provavelmente seu endereço carregará parte do domínio do serviço de hospedagem, como por exemplo http://suaempresa.blogger.com . Talvez seria mais interessante registrar o seu próprio domínio com um nome personalizado e único, mas, para isso, a melhor escolha seria usar as plataformas de solução para blogs em servidores internos ou alugados. Assim, seu nome de domínio ficaria www.suaempresa.com.br ou www.seublog.com.br, alternativas que deixariam o seu blog mais personalizado e fácil de acessar.

Livro concorrente! E agora?

fev 27, 2007   //   por Blog Corporativo   //   Blog Corporativo  //  1 Comentário

livro9gd.jpgMarcio, valeu a dica nos comentários, esse aqui vai pra vc.

Meu livro foi lançado em Maio/2006, e até hoje no Brasil não existia nenhuma outra fonte de informação sobre blogs voltados para negócios em um bom e velho português. Até hoje. Porque há 2 dias a Thomas Nelson Brasil lançou a tradução (a primeira tradução do gênero) de um livro de Hugh Hewitt chamado: “Blog: entenda a revolução que vai mudar seu mundo“.

Segundo o autor deste livro, milhões de pessoas estão mudando seus hábitos no que diz respeito à aquisição de informação. “Isso aconteceu muitas vezes antes, com o surgimento da imprensa, do telégrafo, do telefone, do rádio, da televisão e da internet – agora, surgiu a blogosfera, e isso foi tão repentino que surpreendeu até mesmo os analistas mais sofisticados”, observa Hugh Hewitt.

Na blogosfera, há um mundo com uma platéia quase ilimitada. Trata-se de uma oportunidade extremamente econômica para se estabelecer uma marca e introduzir novos produtos.

Vale a pena algumas observações:

  • O livro parte do impacto dos blogs na política;
  • O livro foi lançado em janeiro de 2005 nos EUA, com uma edição em junho do ano passado;
  • O livro é interessante por trazer um contexto histórico do blog e vendeu relativamente bem nos EUA;
  • Existem outras literaturas muito mais lúdicas, focadas e completas para quem deseja o blog nos seus negócios como por exemplo (lógico) meu livro, e outros sem tradução para o português como: Blog Marketing, BuzzMarketing with blogs for dummies, entre outros os quais também são bibliografias do meu livro;

Encruzilhada do saber

fev 22, 2007   //   por Serendipidade   //   Comportamento  //  6 Comentários

Cenário 1:

Você trabalha todo dia no seu posto de trabalho. Não vê possibilidades de crescer no emprego. Acha oneroso mas se sente acomodado em travar, todos os dias, a mesma batalha.

Cenário 2:

Você trabalha e ganha dinheiro suficiente para sustentar sua família e se sente feliz e completo com isso. Não sente que é necessário buscar degraus mais altos porque sua vida está formidável.

Chamei de a “Encruzilhada do Saber” o momento em que alguém decide ver TV ao invés de ler um livro técnico ou estudar um novo e curioso assunto. Ou a decisão de conversar com um colega de trabalho querendo explorar todo o processo da companhia em troca de deixar de lado o orkut, um copo de café regado com conversas paralelas ou mensagens improdutivas do MSN.

Me sinto curioso em saber porque essas coisas nos dão prazer ao contrário dos temas que enobrecem e ajudam o crescimento do intelecto. Algo como se a encruzilhada fosse em um morro, onde o lado da subida é o lado “nerd”.

Taí, de repente a nossa natureza (ou biologia) humana nos levou a esse mesmo buraco. Ou a sociedade é assim porque precisamos de pobres ou ignorantes para alimentar de grana os ricos ou astutos e tudo caminhou da maneira como conhecemos.

Queria que alguém indicasse um caminho filosófico para encarar essas questões. Alguma sugestão?

Amarrando o post anterior, fazer um blog com o objetivo de ganhar dinheiro em detrimento da qualidade ou fazer um blog… etc etc…

Blogs de funcionários representam risco para sua empresa

dez 12, 2006   //   por Blog Corporativo   //   Crises, problemas e riscos  //  2 Comentários

Não deixem de ler o interessante artigo da Internet Business Law Services sobre problemas e riscos encontrados em companhias que possuem funcionários blogando tanto internamente quanto externamente.

Alguns dos principais perigos para uma empresa (independente se existe ou não um blog oficial) incluem:

  • Difamação,
  • Assédio,
  • Danos Econômicos,
  • Vazamento de informações.

O artigo ainda apresenta algumas dicas para as empresas, entre eles:

  • Estabelecer uma política (tanto para blogs, quanto para chats e outras comunidades),
  • Trabalhar fortemente na comunicação e conscientização das mesmas,
  • Procurar apoio jurídico antes de tomar ações que podem se voltar para a própria empresa.

10 benefícios estratégicos para o blog…

dez 11, 2006   //   por Blog Corporativo   //   Blog Corporativo  //  1 Comentário

…como suporte para a lucratividade dos seus negócios. Por Richard Nacht, presidente da Blogging Systems – que é uma empresa de serviços de marketing por meio de blogs especificamente para a indústria da construção civil (lá fora já existem nichos dentro da indústria dos blogs corporativos).

Leia os detalhes de cada uma das dicas no Daily ‘Dog.

  1. Otimização em ferramentas de busca (Search Engine Marketing)
  2. Comunicação direta
  3. Gestão da marca
  4. Diferenciação competitiva
  5. Marketing de relacionamento
  6. Explorar os nichos
  7. Relações Públicas e com a Mídia
  8. Posicionar você como expert
  9. Gestão da reputação
  10. Baixo Custo

Egosurfing

dez 10, 2006   //   por Serendipidade   //   Comportamento  //  Nenhum comentário

Fake Your Space

  • Você olha de forma obsessiva as entradas de comentários sobre seu blog no technorati?
  • Você quer ter mais comentários no seu blog?
  • Você gostaria que outras pessoas falassem mais de você?

Há uns meses atrás diversos blogs por aqui (no Brasil) passaram por uma fase de “pelamordeDeusmeleiam”, oportunidade que aproveitei para dizer que cada um cuida do seu próprio umbigo.

Quanto popular você deseja ser?

Esse é o mote do “Fake Your Space“, um serviço de venda de amigos para comunidades virtuais. Escola a sua ou seu amigo, e ele vai postar mensagens periódicas no seu blog, no seu MySpace, no seu Orkut, e por aí vai…

Imagina isso aplicado nos Blogs Corporativos ou em comunidades (no Orkut por exemplo) dedicadas a uma empresa, um produto? Teremos então (em breve ou já temos?) os consumidores falsos, dando falsos testemunhos para o bem do capitalismo. Amém.

Mais um ruído no nosso mundo já afogado em informação. Uma peneira por favor!

Blog da Mastercard Brasil

dez 3, 2006   //   por Blog Corporativo   //   Blogs específicos  //  1 Comentário

mastercard_logo.gifMais um blog corporativo brasileiro recém-nascido. A dica do Jonas Cabral nos comentários deste blog é o blog da Mastercard.

De cara me deparei com um post indicando a Camiseteria do meu amigo Fábio Seixas. Aliás, todos os posts estão estimulando o consumo por meio de dicas. Aparentemente é possível enviar suas próprias dicas, ajudando a colocar ainda mais oportunidades de venda e alavancar o crescimento da operadora.

Falta um nome, um autor, uma cara para a Mastercard. Afinal de contas, quando postamos comentários estamos conversando com quem, além dos demais comentaristas?

O Wiki já está atualizado.

12 razões de porque as empresas não blogam

nov 6, 2006   //   por Blog Corporativo   //   Blog Corporativo  //  8 Comentários

1 – Você não entende porque você necessitaria de um blog corporativo. Nem o seu Presidente.

Há várias razões para você considerar um blog corporativo. Vocês conhecem a importância do Google nos seus negócios? Blogar = Se posicionar bem ferramentas de busca. Diga isso ao seu presidente.

2 – Você é o presidente. E você não irá permitir seus funcionários blogarem.

Porque não? Você precisa de uma política e normas de uso sobre blogs. Devem existir limites, mas forçar seus funcionários a não blogar pode ser demais, até porque muitos deles já devem estar blogando por fora da empresa.

3 – Você acha arriscado deixar seus empregados escreverem seus posts.

Se você estabelecer o assunto, a idéia do conteúdo, as regras básicas, seus empregados serão capazes de se sair bem. Se algum deles não segue as regras, mais cedo ou mais tarde ele iria ser um ex-funcionário de qualquer maneira. Encontre um blogueiro principal e passe a moderar os posts por amostragem. Lance o blog internamente por 1 mês ou 2 antes de abrir para público.

Se você vai contar detalhes da empresa que merecem ser conhecidos pelo mercado, deixe alguém mais próximo da tarefa fazer os posts, passar toda a tarefa para departamentos ou agências de comunicação pode deixar o post menos interessante.

4 – Sua agência de RP acha o blog uma má escolha.

Faça algumas perguntas a eles: Pergunte como o Google funciona, pergunte sobre RSS, peça dicas de como escrever textos, pergunte como blogar pode ser ruim tendo tudo isso em mente. Verifique se sua agência realmente tem conhecimento sobre blogs antes de acatar a decisão.

5 – Você mencionou sua intenção para o pessoal de IT. Agora está na agenda de futuros desenvolvimentos.

Quando pensamos em internet, é melhor confiar nos profissionais de marketing ou de gestão. Eles são quem dão as regras e o objetivo do blog.

6 – Você não sabe ainda quem irá contribuir no blog, ou o que você irá abordar nele.

Não adianta assumir toda a responsabilidade, você precisa dividir a tarefa com alguem que possa se dedicar mais tempo. Blog é um investimento em RP e posicionamento (no mercado e em ferramentas de busca), eles dá visibilidade à empresa, solidifica uma comunidade, humaniza a empresa. Lembre-se que nem todo blog corporativo precisa ser sobre seus negócios (veja meu livro).

7 – Você não consegue ver os benefícios sejam lá quais forem. Deve ser uma completa perda de tempo.

Sempre existem exceções. O blog pode não ser perfeito para todas companhias.

8 – Você não vê nenhum retorno ao investimento.

O blog deve ser visto sob o ponto de vista das conseqüências. Quanto vale ter clientes satisfeitos e falando bem da sua empresa ao longo de páginas e páginas na internet? Como uma maior fidelização de clientes ou aumento na participação por propaganda boca-a-boca pode não ser um tipo de retorno? Nem tudo é retorno financeiro.

Mas ele existe, porque as conseqüências citadas acima certamente irão afetar positivamente suas receitas.

Que tal olhar o retorno sobre riscos?

Se os clientes que vão interagir com a empresa ajudarem desenvolver novos produtos e serviços, eles serão seus principais consumidores e agentes de marketing.

9 – Você não tem idéia de como montar um blog.

É muito fácil. Você pode hospedar em um servidor web alugado (usando WordPress, MovableType), or hospedar em serviços próprios para isso (usando Typepad, Blogger).

10 – Você acha que o blog é só uma moda passageira.

Claro que é, você tem toda a razão…

11 – Você considera que o que funciona nos Estados Unidos não irá funcionar aqui, pois lá eles possuem um ambiente completamente diferente.

Não importa o local do seu mercado, a internet está cada vez mais presente e cada vez com mais usuários, posicionar-se bem nesta infinidade de possibilidades é essencial (e o blog ajuda bastante). Além disso, usuários estão, com a ajuda da internet, mais exigentes e antecipados, você não pode ficar fora dessa. Dê visibilidade para sua empresa.

12 – Você acha que blogar não vai dar certo para seu tipo de negócios.

Você pode estar certo. Mas ao menos tente saber os benefícios antes de atirar esta moeda. Lembre-se que você não precisa falar exclusivamente sobre o que você faz ou vende, ninguém quer saber se você comprou uma impressora nova que faz um barulho irritante. Eles (sua audiência) se importa com coisas que eles mesmos querem ler, querem saber mais sobre assuntos que circundam seu métier.

Fonte: e-consultancy e algumas poucas das muitas idéias presentes no meu livro.

Blog e imóveis

nov 3, 2006   //   por Blog Corporativo   //   Blog Corporativo  //  8 Comentários

barra_topo.gifO mercado imobiliário está começando a se despontar no uso de Blogs para se auto-promover, além do Blog da Tecnisa em sua versão mais voltada para o posicionamento da própria empresa, acaba de ser lançado o Blog Cultive seus Dias, um blog de um empreendimento imobiliário da Abyara no bairro de Santana em SP.

Um blog de produto, o empreendimento, que não é uma vitrine-blog com complexo de Édipo, pelo contrário, os temas abordados são: alimentação, bem estar, serviços, esportes e beleza. Seguindo umas das dicas presentes no meu livro, a de que o blog é uma conversação, troca de idéias, e não uma mera vitrine.

Fonte: Blog de Guerrilha.

Compartilhe suas apresentações

nov 1, 2006   //   por Serendipidade   //   Criatividade / Inovação  //  2 Comentários

Conheça SlideShare, o YouTube do PowerPoint. Naveguei pelas apresentações populares e algumas de auto-ajuda. Muita coisa interessante por lá.

Veja essa divertida apresentação com dicas sobre como posicionar seu blog e crescer a audiência.

Páginas:«1234»