Porque todas as empresas vão ter que inovar para crescer

jan 23, 2007   //   por Serendipidade   //   Criatividade / Inovação  //  1 Comentário

Falando em tendências, Robert Tucker, um autor de livros de inovação, prevê que o ano de 2007 promete para a consolidação dos processos de inovação nas companhias.

As empresas buscam constantemente o crescimento e a adição de valor para seus acionistas ou proprietários. Existem diversas maneiras de buscar isso, seja otimizando processos para reduzir custos, melhorando a cadeia de suprimentos para economizar na compra de matéria prima ou comprando outras operações para ampliar o mercado geograficamente ou comercializar novos produtos, entre outras.

O fato é que todas as alternativas acima chegam a um ponto de saturação, não sendo mais possível adquirir um crescimento sustentável. Aí o que acontece? A empresa é obrigada a inovar.

Schumpeter já dizia isso nos anos 30, o ciclo econômico cresce e se quebra quando alguém chega com alguma inovação, depois começa tudo de novo.

Inovar não é somente aplicável em produtos. É possível inovar em todas as operações de uma empresa, desde produtos, passando por processos, canais de venda e finalmente nos próprios clientes por meio de novas segmentações ou mudando a maneira com que ele interage com a sua firma.

Mais do que ter uma equipe de gestão de idéias capturando, classificando e priorizando as mesmas, é necessário instalar uma cultura de inovação por toda a organização para fomentar novas idéias, e manter uma equipe monitorando concorrentes e outras indústrias para saber qual rumo está seguindo o mercado.

Conheça outras definições de inovação:
Schumpeter (1934) – Empresarial
March (1991) – Exploração e aproveitamento
Tushman & O’Reilly (1996) – Incremental & Revolucionario
Kanter (1997) – Invenção vs. Inovação
Christensen & Raynor (1997) – Sustentando e Quebrando

1 Comentário

Escreva um comentário