Fofoca é vital para a evolução do homem

out 30, 2007   //   por Serendipidade   //   Comportamento  //  3 Comentários

gossip.jpgVoltando ao post anterior, ele questionava porque buscamos coisas “vazias” para preencher nosso dia-a-dia. Natureza ou evolução humana?

Então reparei que as notícias mais quentes (+ lidas) invariavelmente são fofocas. Fui ler mais a respeito e topei com um estudo interessante do professor Frank McAndrew do Knox College.

Coincidentemente li uma notícia da Folha Online que divulgava uma pesquisa da Harris Interactive a qual dizia que fofocas e e-mails são as maiores distrações no trabalho.

Teorias anteriores dizem que a fofoca é “uma forma de estudo social ou comparação social — uma forma de obter informação sobre outros que nos dá sentimentos elevados de valor próprio por meio da comparação

Já o estudo do professor Frank afirma que “notícias negativas sobre indivíduos de alto nível social ou potenciais rivais e notícias positivas sobre amigos ou aliados são super valorizadas e passíveis de serem passadas para a frente. O que confirma que a fofoca pode servir como uma estratégia de aprimoramento de status.

De qualquer forma parece ser da natureza humana a inclinação para esse tipo de informação “quente”.

No caso das revistas de fofoca: Mesmo não conhecendo uma celebridade pessoalmente, a vemos como um indivíduo de alto destaque social. Descobrir e compartilhar as suas fraquezas é algo que parece ter valor, pois rebaixa essa pessoa ou nos coloca mais próximos dela.

Na carreira vale o mesmo. A fofoca no trabalho é parte da nossa estratégia na busca por status – cargos e salários melhores.

A fofoca é tão instintiva quanto gostar de sexo (para perpetuar a espécie), de doces (para obter energia) ou de adaptação do meio (para alcançar objetivos).

Imagem: “Gossip” de Norman Rockwell

3 Comentários

  • CIiiiiiiiiiiiiiiiiiiipriiiiiiiiiiiiiiii!!!!!!!!!!!!!

    Parabéns!!!!!!

    tudo de bom! Muita felicidade! Muito amor, sorte, sucesso!

    Gosto muito de você!

    Beijo, Ma

  • Fabio, sobre as notícias mais lidas: o mais engraçado é perceber que a antiga home da Folha privilegiava este espaço de ‘notícias mais lidas’, e dava sempre a coluna de fofocas nas primeiras posições. O que aconteceu: os usuários achavam que aquilo era atalho para a coluna. Não consigo imaginar outra explicação pro Zapping ter lugar de destaque na home hoje, ao lado da manchete principal.

    1abs,

  • aleluia!!!!!!!!!!!!!!!!
    alguma coisa que preste para responder a minha pesquisa!!!
    parabéénsssssss!!!!!!!!
    e
    o
    b
    r
    i
    g
    a
    d
    o
    !

Escreva um comentário