Visualizando posts com a tag " Blogosfera"

Crescimento da blogosfera corporativa brasileira

set 12, 2007   //   por Serendipidade   //   Blog Corporativo  //  Nenhum comentário

Outro dia fiz um post no site do livro que me levou a considerar o quanto a blogosfera corporativa brasileira cresceu nesse último ano.

Quando montei o Blog Corporativo Wiki, eu esperava a contribuição de leitores para encontrar exemplos e construir um índice de blogs corporativos brasileiros. Poucos ajudaram.

Certamente existem muitos outros blogs corporativos por aí. Se alguém conhecer algum me avise. Aí vai o resultado de 1 ano e 3 meses de levantamento da blogosfera corporativa brasileira:

- Número total de blogs corporativos brasileiros no wiki no dia 15/06/2006: 3
- Número total de blogs corporativos brasileiros no wiki no dia 11/09/2007: 62
- Crescimento de quase 2000%

blog_corporativo_barras.jpg

Distribuição:

- CEO Blogs: 5
- CEO Blogs internos: 2
- Blogs corporativos de pequena empresa: 28
- Blogs corporativos de média/grande empresa: 17
- Blogs corporativos para promoção de produtos: 10

blog_corporativo_pizza.jpg

Tirem suas próprias conclusões nos comentários ou pense a respeito.

Blog da Natura Chronos

ago 29, 2007   //   por Blog Corporativo   //   Blogs específicos  //  5 Comentários

A Natura colocou no ar no último dia 14 de agosto o Blog da Campanha 2007 do Chronos. Aparentemente este blog surgiu de uma forma bastante interessante, motivado por uma consultora de vendas blogueira.

O blog Movimento Natura é de autoria de Luciana Soldi Bullara, uma Consultora Natura que desde o início do ano publica posts sobre a empresa e seus entornos. Nesse blog ela declara não ter qualquer ligação com a empresa e ser completamente independente.

Porém, no momento que a Natura lançou o blog, a consultora passou a ser a autora dos posts e publicar seus textos também do lado “oficial” da coisa.

O Blog da Campanha 2007 do Chronos é voltado para o público em geral, porém foca seus textos e ações nos demais Consultores Natura espalhados pelo Brasil no intuito de auxiliar a incrementar as vendas e relacionamento com clientes finais. E nada melhor que uma consultora-publicitária para conduzir a iniciativa:

“Convidamos uma consultora para conduzir esse blog porque queremos criar um espaço genuíno de discussão. Um bate-papo informal de consultor para consultor.”

O blog é uma grande iniciativa para a blogosfera corporativa brasileira.

Empresas relacionadas com moda e beleza costumam explorar bastante a blogosfera. Nos Estados Unidos a Avon estimula, há bastante tempo, que suas consultoras a preparem blogs para alavancar vendas, sendo o Beauty Dish o mais popular deles. No Brasil também existem consultoras da Avon blogando, e mesmo consultoras que vendem Avon e Natura. Outros blogs relacionados são da Dior, Procter & Gamble, entre outros.

Pontos positivos e de atenção dos Blogs Corporativos

ago 14, 2007   //   por Blog Corporativo   //   Blog Corporativo  //  3 Comentários

Segundo o ponto de vista de diversos blogueiros corporativos, Marcio Gonçalves e Carolina Terra listaram em seu artigo para a RP em Revista os pontos positivos e negativos de se usar o blog como estratégia de comunicação empresarial.

Eu chamaria a lista de pontos positivos e pontos de atenção dos blogs corporativos. Os batizados “pontos negativos” são perfeitamente contornáveis. O trecho abaixo foi inteiramente retirado do artigo citado acima:

Pontos positivos

  • Abrir um canal de relacionamento com seus stakeholders, principalmente formadores de opinião on-line.
  • Dar uma cara mais “humana” à empresa, se o blog for realmente um blog e não um site corporativo travestido de blog.
  • Ter um canal para feedback da comunidade sobre a empresa e suas ações.
  • Um canal de comunicação da empresa que pode ser facilmente atualizado. Uma fonte confiável de informações da empresa que podem auxiliar seus clientes e fornecedores a entender melhor como ela funciona.
  • Uma forma de conhecer os seus clientes e permitir interação. Receber feedback deles na forma de comentários e até mesmo estabelecer e melhorar o relacionamento a partir desses recursos.
  • É um canal viral. Dessa forma os textos podem ser indicados a outras pessoas e diversos meios podem consultar o blog como uma fonte de referências confiável de uma empresa.
  • Conquistar a confiança do consumidor é, com certeza, o primeiro ponto positivo. Ter um blog é ser transparente e aceitar o diálogo com o consumidor. A internet e a globalização possibilitam que o público acompanhe tudo o que as empresas fazem ou deixam de fazer. Não adianta mais tentar enrolar as pessoas. Qualquer um pode encontrar informações e opiniões no Orkut, YouTube e blogs. O fenômeno blog desafia as tendências tradicionais sobre o controle da comunicação das corporações, mídia, governo e mercado. É um novo campo em que todos podem recomendar ou criticar seu produto ou serviço. De acordo com o Estudo de Confiança da Edelman de 2007, os consumidores acreditam mais em “pessoas comuns” do que em autoridades. Ou seja, o recado está dado: chega de mensagens enlatadas! Os blogs emergiram rapidamente como uma nova tecnologia neste caminho.
  • Outro ponto positivo é que os blogs se tornaram uma fonte de informação com credibilidade, principalmente para jornalistas e formadores de opinião. Blogs de CEOs e funcionários são formas viáveis de comunicação para muitas propostas, como ferramenta de conhecimento interno para aumentar a credibilidade e dividir informação, e devem ser considerados como uma estratégia para comunicação corporativa.
  • Profissionais da área de comunicação devem entender a blogosfera como medidor em tempo real da eficiência da comunicação interna – mais um ponto positivo para os blogs – e engajamento dos funcionários. Embora não seja uma medição tão efetiva quanto uma pesquisa tradicional, serve como dados qualitativos sobre o sentimento do funcionário em relação à empresa – ótima ferramenta para recursos humanos. As empresas precisam considerar que a comunicação olho-no-olho ainda é mais efetiva e que ela refletirá na comunicação virtual, mostrando a felicidade do funcionário que a vê com uma ótima comunicação interna e um bom relacionamento com os executivos.

Pontos de atenção

  • Se a empresa não for realmente preocupada com que diz e faz, pode gerar ainda mais fragilidade e ela poderá ser ainda mais atacada
  • Exige trabalho dedicado e temas/discussões que não apenas interessem mas envolvam a comunidade na discussão.
  • Se o blog for em torno da marca e não de um tema pode gerar desgaste para a empresa. A Tecnisa, construtora de SP, por exemplo, tem um blog muito bom mas ela não fala de si mesma, fala da construção civil.
  • É um meio informal de se comunicar, que não dá a mesma credibilidade que teria, por exemplo, um press release ou até mesmo um jornal fechado com temas específicos.
  • O feedback não é espontâneo e está mais direcionado com o conteúdo dos textos publicados. Uma ferramenta que permite o feedback mais espontâneo é o fórum na internet, recurso que muitos portais adotam cada vez mais em conjunto com o blog corporativo.
  • Não permite resposta ao feedback de forma direcionada. O feedback pode ser feito a partir de textos que comentem o conteúdo dos comentários dos usuários, mas sempre de forma genérica e nunca personalizada.
  • A falta de cultura ainda atrapalha o amadurecimento desta nova ferramenta. Existe muita confusão e medo com relação a blogs e muitas empresas ainda não entenderam o objetivo deste fórum de discussão virtual.
  • Além disso, por trata-se de uma espaço aberto, é preciso tomar cuidado com o que será escrito, já que a informação vale ouro nos tempos atuais. Seus concorrentes podem “roubar” suas idéias ou conceitos.
  • E por último, a falta de compromisso e respeito com os comentários. Não acho que é uma desvantagem, mas sim um risco. Uma vez que você começa um blog, as pessoas esperam diálogo e troca de experiências. Então não vale escrever a cada mês ou 45 dias. É preciso ter empenho e saber receber sugestões e, talvez, até críticas.

Viva a transparência – A revolução do Blog do CEO

ago 1, 2007   //   por Blog Corporativo   //   Blogs específicos  //  4 Comentários

O Jonathan Schwartz – CEO da Sun Microsystems – deu show duas vezes durante a semana passada. Vou contar a história em dois posts. O acontecimento mais recente primeiro.

Para quem não conhece, Jonathan possui um blog e é famoso por tê-lo. Você vai entender porque.

Dia 24 de julho ele revolucionou a blogosfera corporativa e o resto da web anunciando que, pela primeira vez, o resultado financeiro do quarto trimestre e todo o resultado do ano fiscal 2007 iria ser divulgado em primeiríssima mão no blog, na página de relações com investidores, via feeds RSS e no relatório que, simultâneamente, seria enviado para a SEC.

Detalhe. Tudo isso antes de chegar na mão da imprensa.

“Eu acredito que essa mudança aumentará a transparência de nossa empresa, realizará nosso desejo de disseminar informações de modo justo e imparcial, e permitirá que a rede seja usada para cumprir sua finalidade – conectar pessoas e informações.”

Mais uma confirmação que o Blog pode assumir um forte papel na comunicação com os investidores. Transparência.

Lembro que, neste mesmo blog, Jonathan já anunciou também cortes no quadro de funcionários da compania.

E ele cumpriu o prometido. Na hora e local combinados.

Matou a pau!

jul 23, 2007   //   por Serendipidade   //   Comportamento  //  1 Comentário

No momento da maiêutica atual, dentro da busca pelo problogger ideal, conceitos e discussões sobre monetização (para gerar mais monetização), que caminhos tomar? Como desempenhar? Existe sempre uma resposta: Falar de blogs no seu blog é quente, porque blogueiros são o que são.

Seth Godin postou (sobre se o seu blog é legal ou não):

“O erro que a maioria dos blogs cometem é: eles são sobre seus autores, não sobre os seus leitores.”

O Fabio e o Carlos estão discutindo o tema no momento. A blogosfera está lotada de gente oportunista que quer ganhar dinheirinho. Portanto atrair leitores é falar de blogar, de ganhar dinheiro. Assim estamos todos sendo “escritores para leitores” dentro da linha apresentada logo acima.

Pessoal, vamos falar sério: Dinheiro fácil não existe!

Dinheiro pode vir rápido. Isso é diferente e recompensa uma tacada de sucesso (a qual demanda neurônios criativos). Mas fácil… esse eu não conheço.

Se você espera ficar rico com blogs, saiba que serão poucos (os pioneiros?). Como tudo na vida, não existe vaga pra todos. Aplique (foque) seus hormônios capitalistas impulsivos em algo mais produtivo: Estude, empreenda, trabalhe duro e nunca pare de se desenvolver. Se os passos anteriores são voltados ao probloguerismo, boa sorte.

Só não enxerga quem não quer

jul 23, 2007   //   por Blog Corporativo   //   Apresentações/Pesquisas  //  2 Comentários

Empresas do Brasil: Vocês são cegas?

Quantas pesquisas repetindo a mesma ladainha vocês precisam ler para se convencer de que investir em blogs e comunidades virtuais vale a pena?

A E.Life anunciou em seu blog o resultado de uma pesquisa demostrando que a opinião de blogueiros e orkutianos (por que não orkuteiros?) faz a diferença perante amigos ou pessoas próximas e, que os mesmos tem o poder de disseminar informações.

Me interessaria muito se alguém, que não trabalhasse no ramo internet / web 2.0, fizesse um estudo que mostrasse números que “condenam” as comunidades virtuais ou os blogs. Se é que esse estudo conseguiria mostrar algo consistente…

Clique aqui para ver todos os posts relativos a pesquisas de opinião (todas favoráveis à blogosfera).

Blogosfera digestiva

jun 12, 2007   //   por Serendipidade   //   Comportamento  //  1 Comentário

Esse post vai em menção honrosa ao meu amigo Cardoso. Sendo retroalimentado por um outro post meu: O corpo da blogosfera.

Da série blogs que eu faria se eu tivesse tempo, eu reduzo a dimensão e comento posts que eu NÃO faria se eu tivesse tempo. O supracitado corpo é um deles. Mas é, no mínimo, criativo.

Como meu tempo contemporâneo se reduz a ler páginas web aleatórias (quando muito) e a trabalhar para ganhar o pão, eu dedico meus pobres neurônios a fazer o que lhes gasta menos após um dia praticando consultês: a afamada tradução. Ainda falta aprender o tal do Mandarim.

Pergunto: E se a blogosfera peidar, que cheiro teria?

A blogosfera e o corpo

mai 25, 2007   //   por Serendipidade   //   Comportamento  //  Nenhum comentário

Corporação vem da palavra corpo e é praticamente 100% associada a empresas e negócios, os quais podem ser vistos como organismos complexos compostos por departamentos, células, entradas e saídas.

Vi um post do Maurizio Goetz comparando a blogosfera a um corpo e identificando seus órgãos principais.

Quero transcrevê-los aqui:

A blogosfera possui um “cérebro” – Elabora idéias, discute, amplifica, colhe ou lança as mesmas.

A blogosfera possui um “coração” – Se apaixona, emociona, diverte ou se comove.

A blogosfera possui um “sistema nervoso” – Se empolga, enraivece, se ofende e depois pode esquecer ou não.

A blogosfera possui uma “alma” – Se mobiliza, organiza, se ativa.

A blogosfera não é um organismo perfeito pois deve crescer e ser observada. Em algumas partes se usa o cérebro, em outras o coração, muitas partes usam a barriga também…

As células que faem parte da blogosfera estão em movimento constante, se agregam, se separam, trocam de interesse. As ligações entre essas células podem ser estáveis ou completamente voláteis.

Bonito não?!

O blog da Kryptonite

abr 14, 2007   //   por Blog Corporativo   //   Blog Corporativo  //  2 Comentários

No meu livro eu dediquei um capítulo para descrever exemplos da importância da blogosfera na formação de opiniões e espalhar um conteúdo sobre fatos relevantes. Um dos exemplos citados foi o da fábrica de cadeados americana Kryptonite.

O fato é que após ter uma executiva (Donna Tocci) blogando paralelamente à empresa, agora eles abriram seu próprio blog oficial. O link ao lado é para o primeiro post e, aparentemente, o conteúdo é escrito pela própria executiva. Até parece que ela andou treinando para então abrir as portas da empresa ao mercado. Se for assim, taí uma boa forma de conhecer a blogosfera antes de colocar sua marca em evidência.

Livro concorrente! E agora?

fev 27, 2007   //   por Blog Corporativo   //   Blog Corporativo  //  1 Comentário

livro9gd.jpgMarcio, valeu a dica nos comentários, esse aqui vai pra vc.

Meu livro foi lançado em Maio/2006, e até hoje no Brasil não existia nenhuma outra fonte de informação sobre blogs voltados para negócios em um bom e velho português. Até hoje. Porque há 2 dias a Thomas Nelson Brasil lançou a tradução (a primeira tradução do gênero) de um livro de Hugh Hewitt chamado: “Blog: entenda a revolução que vai mudar seu mundo“.

Segundo o autor deste livro, milhões de pessoas estão mudando seus hábitos no que diz respeito à aquisição de informação. “Isso aconteceu muitas vezes antes, com o surgimento da imprensa, do telégrafo, do telefone, do rádio, da televisão e da internet – agora, surgiu a blogosfera, e isso foi tão repentino que surpreendeu até mesmo os analistas mais sofisticados”, observa Hugh Hewitt.

Na blogosfera, há um mundo com uma platéia quase ilimitada. Trata-se de uma oportunidade extremamente econômica para se estabelecer uma marca e introduzir novos produtos.

Vale a pena algumas observações:

  • O livro parte do impacto dos blogs na política;
  • O livro foi lançado em janeiro de 2005 nos EUA, com uma edição em junho do ano passado;
  • O livro é interessante por trazer um contexto histórico do blog e vendeu relativamente bem nos EUA;
  • Existem outras literaturas muito mais lúdicas, focadas e completas para quem deseja o blog nos seus negócios como por exemplo (lógico) meu livro, e outros sem tradução para o português como: Blog Marketing, BuzzMarketing with blogs for dummies, entre outros os quais também são bibliografias do meu livro;
Páginas:«12345»