Visualizando posts com a tag " crescimento"

Aumento de 18% nas vendas graças às mídias sociais

jul 23, 2009   //   por Blog Corporativo   //   Apresentações/Pesquisas  //  6 Comentários

receita_vs_engagement @ by EngagementDBEssa semana foi divulgado um relatório de pesquisa da Wetpaint e Altimeter Group (a Charlene Li, ex-Forrester, co-autora do Groundswell que está por trás dessa empresa) chamado EngagementDB que trouxe alguns numerinhos bonitos para o nosso mundo das mídias sociais.

O destaque vai para o fabuloso aumento em 18% nas vendas nos últimos 12 meses dentre as empresas que mais ativamente usam as mídias sociais para estabelecer um canal diferenciado de comunicação com o mercado. As menos ativas com mídias sociais tiveram redução de 6% nas receitas.

Acho que deixo o restante das conclusões com vocês mesmos. Baixem o relatório aqui

Minha contribuição científica para o mundo

fev 2, 2009   //   por Serendipidade   //   Comportamento  //  4 Comentários

Acebei de ver a lista de trainees que estão ingressando em consultoria na minha firma no Brasil, fiquei feliz ao ver o tamanho da lista porque isso demonstra que as empresas no Brasil estão caminhando relativamente bem apesar dessa crise toda rolando no mundo.

Por outro lado, me chamou atenção o fato de o nome de quase todos esses 46 trainees ser longo, 27 desses trainees (58,7%) tem de 4 a 6 palavras no seu nome+sobrenome. Seguem os números:

  • 2 deles tem 6 nomes
  • 8 deles tem 5 nomes
  • 17 deles tem 4 nomes
  • 17 deles tem 3 nomes
  • 2 deles tem 2 nomes

Eu sou de uma geração em que as pessoas recebiam 2 ou 3 nomes e sobrenomes, sendo que os 2 primeiros, quando tínhamos 3 palavras no nome, eram geralmente os diferenciadores, e o último era o sobrenome paterno. O sobrenome materno eventualmente ocorria ao invés do segundo nome genérico. No meu caso, Fábio Henrique Cipriani, meus 2 primeiros nomes são os que eu chamo “genéricos”, ou seja, não são “sobrenomes de família”.

Acontece que o mundo ganhou as mentes e a força de trabalho das mulheres, sua independência financeira e espaço. Sabendo que hoje em dia muitas mulheres não adotam o sobrenome do marido e não querem abandonar seu nome de solteiro ao casarem, quão longe estaríamos do veredito de que os longos nomes dessa geração é uma soma dos nomes das gerações anteriores mais a propagação do orgulho familiar, ou seja, não querer que seu sobrenome predileto caia no esquecimento?

Uma outra vertente poderia explicar isso também. O crescimento populacional vegetativo positivo. Ou só o crescimento dos nomes em geral. Com tanta gente no mundo, está ficando difícil encontrar combinações de nomes que mantém o pedigree e diferencia os indivíduos dos demais. Eu já vi outro(s) Fábio(s) Henrique(s) Cipriani(s) no Brasil, na Itália já vi Fabio Enrique Cipriani também. Nesse caso, além de explicar o aumento no número de nomes, poderíamos, com uma cajadada só, explicar os nomes absurdos que vemos por aí.

Influência dos blogs na decisão de uma compra

nov 11, 2008   //   por Blog Corporativo   //   Apresentações/Pesquisas  //  4 Comentários

eMarketerA eMarketer divulgou hoje o resultado de uma pesquisa sobre a influência dos blogs no processo decisório que leva um consumidor a comprar um produto.

A pesquisa mostra um crescimento no número de usuários de internet que lêem blogs ao menos uma vez por mês e trás alguns números interessantes sobre a forma que influência que o blog exerce na decisão.

O gráfico mostra que o blog possui um papel fundamental na decisão por um produto e serviço, seguido por uma ajuda para refinar a escolha entre produtos.

Um belo heads up para as empresas.

Crescimento da blogosfera corporativa brasileira 2008

set 22, 2008   //   por Blog Corporativo   //   Apresentações/Pesquisas  //  12 Comentários

Um ano atrás eu publiquei um post sobre o crescimento da blogosfera brasileira desde o lançamento do meu livro. Hoje eu repito a brincadeira e apresento os resultados aqui no blog.

A fonte dos números é o Blog Corporativo Wiki. Vale ressaltar que certamente existem inúmeros blogs corporativos por aí que não figuram como um dos blogs corporativos na lista do wiki. Se você souber de algum blog e quiser ajudar, é só me mandar uma mensagem que eu terei muito prazer em incluir na lista. De qualquer forma esse é o levantamento mais completo da blogosfera corporativa brasileira.

De Junho de 2006 até hoje os blogs corporativos passaram de 3 para 263, incluindo 14 blogs extintos. Ao longo desse ano eu criei uma nova categoria para classificar os blogs de universidades e escolas em geral, os “Blogs no Ensino”. Muitas outras categorias poderiam ser criadas, especialmente entre os “Blogs de Peq&Med Empresas”. A categoria “Blog Corporativo” ainda poderia ser melhor refinada e somente mostrar aqueles que eu considero os melhores exemplos de blogs corporativos: alguém de dentro da empresa falando abertamente com o mercado e colocando suas próprias e sinceras opiniões na rede. A maioria dos “Blogs de CXOs” têm cumprido muito bem essa tarefa.

O número de blogs corporativos cresceu mais de 300% entre 2007 e 2008, passando de 62 para 263 (incluindo os que deixaram de existir ao longo do ano).

Evolução dos blogs corporativos brasileiros

Desdobrando os blogs pela classificação existente no wiki temos a seguinte tabela:

Tipo de blog # de blogs em 2007 # de blogs em 2008 Crescimento
Blogs de CXOs 5 10 100%
Blogs de CXOs internos 2 4 100%
Blogs de Peq&Med Empresas 28 164 486%
Blogs Corporativos 17 32 88%
Blogs de Campanhas de Mkt 10 26 160%
Blogs no Ensino ND 13 ND
Blogs Extintos ND 14 ND

A distribuição gráfica atual é apresentada pelo gráfico a seguir:

Distribuição dos tipos de blogs corporativos brasileiros

Podemos ver que a tendência é de crescimento sólido no número de empresas que fazem uso dessa ferramenta. Resta saber o tipo de finalidade que se compravará mais duradoura. Entre os blogs extintos (14 blogs), os blogs de campanhas de marketing foram os mais efêmeros (7 blogs), seguidos pelos blogs de pequenas e médias empresas (4 blogs).

Vale incluir que acaba de ser lançado um blog corporativo do banco HSBC, mas como esse post já estava feito você pode somar 1 nos números acima.