Visualizando posts com a tag " design"

"Geração C" e Pensamento Lateral

set 21, 2005   //   por Serendipidade   //   Criatividade / Inovação  //  Nenhum comentário

Dois exemplos rápidos de dois temas que já discutimos aqui anteriormente: a Geração C e o pensamento out-of-the-box

(c) inteligweb.com.brNa “Geração C” temos uma nova geração de consumidores que não somente compram passivamente, mas preferem participar das etapas de marketing das empresas e criar conteúdo.

Aqui temos o exemplo da Intelig que lançou (acho que na semana passada) a promoção crie seu comercial do 23. Um exemplo de que as empresas estão chamando os consumidores a participar e, assim, se sentirem “envolvidos”. É o estímulo que a “Geração C” precisa.

(c) mileskimball.comJá no caso do pensamento “fora-da-caixa” vimos que as empresas inovadoras costumam mudar aspectos do produto ou mesmo do que está em sua volta para gerar valor e provocar a “tentação” pelo consumo. É o uso de idéias fora do contexto do uso convencional do produto.

Nesse caso, cito o exemplo de uma imagem que estava rodando a rede na semana passada. A Miles Kimball, uma loja de departamentos online, possui um Garfo-cortador de pizza ou um “Garfaca de Pizza” se preferir. Perfeito para comer uma pizza com uma das mãos e tomar aquela cervejinha gelada com a outra durante os jogos do tricolor. Uma inovação de produtos utilizando dois elementos não relacionados anteriormente.

Vocês conhecem mais exemplos assim?

Conteúdo viral é aumento na audiência (e nas vendas também)

set 12, 2005   //   por Serendipidade   //   Criatividade / Inovação  //  Nenhum comentário

(c) yotophoto.comTem certas coisas na internet que são demasiadamente viróticas. Quando conseguimos provocar um estalo nos leitores de nossas páginas virtuais a propagação se torna incrivelmente gigantesca. Unindo isso com os blogs servindo de profetas, temos literalmente uma propaganda “Boca-a-Mouse”.

Outro fato intrigante é tentar saber que tipos de assuntos provocam esse tipo de reação mais fortemente. Ou melhor, qual é a idéia perfeita para passar para nossos leitores e que desperte a vontade de fazê-lo contar para alguém?

Atualmente, o perfil do usuário de internet é de busca por informação em quantidade, e não qualidade. Portanto, quanto mais curta, criativa e influenciadora for a sua idéia, melhor! O Marketing é uma arma poderosa nesse caso.

Mas somente criatividade não basta. A nova geração de “clientes” de websites, blogs ou lojas virtuais, a chamada “Geração C”, busca mais do que uma idéia original ou interessante, ela busca interação, participação e reconhecimento. Veja o exemplo da colaboração em massa na internet.

Junte os dois: simplicidade criativa e capacidade interativa e voilà. Sua idéia ou seu recado está contaminado pelo vírus da divulgação.

Dentro do contexto, vai uma propaganda boca-a-mouse do site do meu irmão. Ele teve uma idéia simples e aparentemente ingênua, mas ele tem hoje mais de 20 mil visitas por dia no seu website. É criativo, simples, desperta a curiosidade e possui interatividade.

“Terra: Cave, mas cave certo.”

Se eu cavar um buraco muito fundo, aonde eu vou parar?

A Geração Criatividade e as Design Schools

ago 30, 2005   //   por Serendipidade   //   Criatividade / Inovação  //  1 Comentário

Alguns dos principais executivos e escritores de marketing do mundo forjaram uma expressão que retrata o consumidor atual e sua relação com as empresas. É a “Geração C”.

(c) trendwatching.comC de criatividade

Os consumidores de hoje possuem mais influência sobre as empresas através de interações em diversos meios de comunicação, principalmente a internet – nessa última, a possibilidade de interação com as empresas é exposta ao máximo. Através da colaboração em massa é possível realizar consultas publicas ou coletar opiniões sobre produtos e serviços. Somos todos criativos e estamos criando conteúdo a todo momento na Internet.

C de conteúdo

Além de estarmos criando conteúdo na Internet, estamos também adicionando conteúdo para outras pesquisas, bancos de dados ou mesmo propagandas de outras empresas. Algumas companhias criaram anúncios interativos on-line que possibilitam seus clientes interagirem e incluirem informações sobre seus produtos e serviços. Os pedidos das empresas agora são: Crie! Produza! Participe! Antigamente era: Escute! Assista! Brinque!

Dentro dessa nova onda de consumidores, as Business Schools estão se moldando e se adaptando para incluir em suas matérias, cursos de criatividade e inovação na empresa, workshops de desenvolvimento da capacidade criativa e outros cursos relacionados com o tema. De B-Schools estão se transformando em “D-Schools”.

(c) yotophoto.comD de Design

Mais do que formar administradores de empresas, as escolas de negócios querem formar pessoas com conteúdo criativo e inovativo. Que possam agregar valor nas empresas através da aplicação desses conceitos e desenvolver oportunidades de negócio desenhando criativamente os cenários de aplicação. Diversas escolas americanas estão se juntando com institutos de design para promover esse conhecimento. Assim está sendo em Stanford, Carnegie Mellon, INSEAD, Wharton e outras.

Para saber mais:
“Geração C”TrendWatching – Generation C
“D-Schools”Tomorrow’s B-School? It Might Be A D-School

Banco Itaú e as portas giratórias

Acabei de ver na TV uma propaganda do Banco Itaú que demonstra que a Geração C está presente a todo vapor no Brasil. São os clientes colaborando em massa através de sugestões deixadas seja através da Internet ou seja através de qualquer outro canal de atendimento.

A propaganda agradecia as sugestões enviadas na campanha do “Itaú quer ouvir você” e dizia que muitas estão sendo já implementadas, exceto por algumas como no exemplo da porta giratória, que está ali para a segurança dos clientes. Além da TV também vi um outdoor nas ruas com alguns desses balões de diálogos. Campanha forte pelo visto.

São as empresas começando a se preocupar com essa nova geração exigente e mostrando explicitamente que escuta o que o cliente tem para dizer. Ao menos é a impressão que fica. Se não for isso é o marketing enganando outra vez.

Descubra as vantagens de ser lento… Devagar!

ago 7, 2005   //   por Serendipidade   //   Comportamento  //  1 Comentário

(c) YotoPhoto.comNo meu post anterior eu escrevia sobre como estamos ficando solícitos a curto prazo por informações ou notícias. O mesmo vale para jornalistas e mídia para trazer essas notícias pra gente.

O jornalista britânico Carl Honoré desenvolveu uma nova técnica de maneira de vida que se baseia em fazer as coisas no seu tempo, sem apressar ou atropelar as coisas. No seu livro “Devagar” ele conta como seu vício pela velocidade estava prejudicando a vivência na sua casa e consigo mesmo.

Ele era um Speedholic que tinha mania de trabalhar, comer e até ler histórias para seus filhos na beira da cama o mais rápido possível. Ele acabou descobrindo pelo mundo diversos grupos que são contra a cultura da velocidade. Esses grupos estão repensando o cozinhar e o comer (o já conhecido Slow Food que veio da Itália), o urbanismo, o trabalho, o design e até o sexo. Juntou tudo num livro só e trouxe adendos interessantes.

No livro existem também comparações entre como eram as coisas antigamente e como elas são atualmente. Mostra como nós mesmos desenvolvemos maneiras de encurtar mais ainda as tarefas ou ações cotidianas para termos mais tempo. Seja inventando o avião, ou navegando na Internet para uma pesquisa.

Agora dê um tempo, desligue esse computador e vá andar um pouco, jantar com calma e ter mais tempo para digerir as informações velozes de hoje.

As 20 Companhias mais Inovadoras do Mundo

jul 26, 2005   //   por Serendipidade   //   Criatividade / Inovação  //  2 Comentários

Veja o ranking das 20 companhias mais inovadoras do mundo:
(Pesquisa com 940 executivos sêniores em 68 países – Pela Boston Consulting Group – 2005)

  1. Apple – Fabricante de micro-computadores, eletrônicos e softwares
    Proporciona produtos com design excepcional, cria idéias que redefinem velhas categorias de produtos como é o caso de tocadores de música. Evolução contínua da marca e modelo de negócios
     
  2. 3M – Fabricante de produtos em várias áreas de atuação
    Cultura interna voltada para criatividade com incentivos à inovação. Grande sucesso na geração de idéias no setor de Health Care e componentes industriais que aumentam a lucratividade da empresa.
     
  3. Microsoft – Desenvolvedora de Software
    Melhoramento contínuo dos produtos empurrados pela forte gestão, expansão em novos mercados e rápida mudança de estratégia quando necessário.
     
  4. GE – Fabricante de Eletro-Eletrônicos
    Práticas de gestão à frente dos competidores com um forte foco em treinamento estão permitindo a reinvenção no modelo de negócios e cultura para promover a inovação.
     
  5. Sony – Fabricante de Eletrônicos
    Entende a importancia da convergência da mídia, cria produtos altamente amigáveis ao uso, com design superior.
     
  6. Dell – Fabricante de micro-computadores
    Modelo de processos de negócios superior permitindo inovações e corte de custos na gestão da cadeia de suprimentos.
     
  7. IBM – Fabricante de micro-computadores e componentes, Consultoria informática
    Quer usar sua base de conhecimento em TI para resolver problemas de clientes e ajudar a executar seus negócios.
     
  8. Google – Portal de buscas e outros
    Novas ferramentas e serviços que entregam soluções simples para problemas complexos. Domina a busca on-line e está crescendo fortemente em publicidade. Forte conexão com seus clientes.
     
  9. P&G – Produtos para a saúde e casa
    Inovação de produto contínua baseado no entendimento das mudanças de estilos de vida dos seus clientes. Está procurando sócios e funcionários para novos conhecimentos, idéias e produtos..
     
  10. Nokia – Fabricante de telefones celulares
    Alto design, muda os modelos e adiciona novas funcionalidades rapidamente baseado na leitura dos desejos do cliente no estilo de vida móvel crescente.
     
  11. Virgin – Provedora de serviços de viagem, música e entretenimento
    Reformulou a viagem aérea como uma marca de estilo e expandiu a marca em lojas de varejo, serviços para telefones celulares e outros produtos. Assume riscos e ataca provedores de serviços tradicionais.
     
  12. Samsung – Fabricante de telefones celulares e eletrônicos
    Capta os impulsos do cliente, bom design, entende a emoção e se promoveu uma marca lider. Gera um fluxo de novos aparelhos celulares e ótimas TVs de tela plana.
     
  13. Wal-Mart – Hipermercado
    Usa a cadeia de suprimentos e logística com superioridade para promover migração a novos mecados e áreas de produto. Traça as preferências do cliente diariamente contribuindo para um rápido crescimento.
     
  14. Toyota – Fabricante de automóveis
    A qualidade e eficiência da manufatura evolui constantemente. Uso estratégico de novas tecnologias possibilita vantagens de mercado como no caso dos carros híbridos.
     
  15. e-Bay – Portal de leilões e e-business
    Criou um novo modelo de negócios de varejo baseado no poder do cliente, baixos preços e comunidade.
     
  16. Intel – Fabricante de processadores e componentes
    Modelo de negócios dinâmico com a abilidade de se tornar uma grande competidor em áreas como no caso da comunicação sem fio.
     
  17. Amazon – Portal de e-business
    Transformou a distribuição de varejo com a tecnologia da internet com foco na experiência d cliente.
     
  18. IDEO – Estúdio de design
    Consultoria de alto nível em processos de inovação. Usa os princípios do design para guiar empresas na mudança estratégica que foca na experiência do cliente.
     
  19. Starbucks – Cadeia de lojas de alimentação e café
    Mudou o modelo de negócio das lojas de café inserindo uma marca de estilo de vida através da observação dos clientes. Construiu uma afinidade da marca com os clientes que foca na expeiência dos mesmos.
     
  20. BMW – Fabricante de automóveis
    Combina o design inovativo com tecnologia avançada e marketing baseado na web para aumentar a liderança da marca e sua abrangência, como no caso do relançamento do MINI Cooper

Esconderijo Urbano

jun 27, 2005   //   por Serendipidade   //   Criatividade / Inovação  //  Nenhum comentário

O estúdio de design OOOMS da Holanda criou um esconderijo urbano que pode ser usado por qualquer pessoa que deseje sumir no meio da cidade. Este abrigo se parece com caixas de metal usadas para proteger circuitos elétricos e telefônicos que existem nas ruas.
City Hideout (c) OOOMS
O mais interessante que deixa este produto extremamente atrativo, é que ele é portátil e desmontável, podendo ser levado com você debaixo do braço. Suma já você também…

Atos Instintivos

jun 8, 2005   //   por Serendipidade   //   Comportamento  //  1 Comentário

Foto publicação do site oficial.Thoughtless Acts é um livro muito interessante que fala sobre atos humanos instintivos ou impensados. Compilado pela Janet Fulton Suri que integra o time de profissionais da IDEO, o livro consiste em um conjunto de fotografias que mostram como nós adaptamos, usamos, interagimos, sinalizamos e adequamos a nossa existência com o ambiente e os objetos que nos circundam.

Trecho da introdução:
“Algumas ações, como por exemplo segurar em algo para balançar, são universais e instintivas. Outras, como aquecer as mãos em uma caneca quente ou acariciar veludo, se baseiam em experiências tão incorporadas que se tornam quase inconscientes. Pendurar um paletó para reservar uma cadeira se tornou espontâneo através de hábitos e aprendizagem social. A observação de cada uma dessas interações cotidianas revela detalhes sutis sobre como nós relacionamos com o mundo natural e projetado. Esta é a informação e a inspiração chave para o design, e um ótimo ponto de partida para qualquer iniciativa criativa.”

O livro publicado pela Chronicle Books não tem versão brasileira mas pode ser encontrado nas grandes lojas on-line internacionais. O site oficial é uma oportunidade de conhecer melhor o livro e também possui uma seção dedicada a fotos enviadas por leitores com suas próprias observações.

Um ensaio no final do livro nos ensina a perceber melhor essas ações inconscientes gerando a oportunidade de enchermos os olhos com fascinação.

Páginas:«1234