Visualizando posts com a tag " Serendipidade"

No mundo nada se cria… tudo se copia…

set 23, 2005   //   por Serendipidade   //   Criatividade / Inovação  //  3 Comentários

…principalmente quando o assunto é dinheiro…

…e finalmente…

…pra que pagar se você pode ter de graça…

http://www.zerodollarhomepage.com/

Não entendeu nada? Leia A homepage de 1 milhão de dólares

Nova estrutura de Serendipidade.com

set 20, 2005   //   por Serendipidade   //   Serendipidade  //  1 Comentário

Fiz algumas mudanças aqui no servidor para que o blog funcionasse diretamente com o endereço “www.serendipidade.com” e não através do diretório “/blog”.
(c) yotophoto.com
Agora o endereço é

www.serendipidade.com

e não mais

www.serendipidade.com/blog

Atualizem por gentileza os seus bookmarks.

Aos que possuirem inscrições com leitores RSS, ainda deixarei os dois endereços funcionando por um tempo. A idéia é substituir gradualmente, mas aconselho atualizar os seus links nos leitores para apontar para o novo endereço RSS (que pode ser obtido na barra lateral do novo endereço).

Grato pela compreensão.

Serendipidade para a Folha de São Paulo

set 14, 2005   //   por Serendipidade   //   Serendipidade  //  1 Comentário

(c) folha.uol.com.brA Folha de São Paulo teve um pouco de Serendipidade essa semana. O Serendipidade.com foi notícia.

Pescador reencontra carteira perdida a 39 anos

ago 26, 2005   //   por Serendipidade   //   Serendipidade  //  1 Comentário

(c) yotophoto.comO americano James Lubeck, 74 anos, recentemente recebeu uma curiosa notícia: um pescador encontrou sua carteira, perdida há 39 anos, em uma rede de pesca, junto com linguados e bagres.

Em 1966, em Chicago, Lubeck se debruçou para amarrar seu barco pesca no cais antes de uma tempestade e deixou sua carteira escorregar do seu bolso para dentro do mar. A carteira e os cartões de crédito estavam aparentemente perdidos para sempre.

O pescador Antonio Randazzo encontrou a carteira a 40 quilômetros de onde ela foi originalmente perdida. O que restou do couro estava repleto de lama, mas os 10 cartões de crédito e cartões de identificação estavam em ótimo estado. “Não consigo descrever isso. Não sei quantas pessoas devolveriam a carteira”, disse Lubeck.
[...]

“É inacreditável,” Lubeck disse. “A vida é cheia de mistérios.”

Mistérios não, Serendipidade.

Fonte: (c)Terra Notícias

E assim surge o Polietileno…

jun 10, 2005   //   por Serendipidade   //   Serendipidade  //  1 Comentário

A descoberta do Polietileno é uma série de Serendipidades de alto risco. O primeiro caso conhecido é o do químico alemão Hans von Pechmann que criou uma substância branca e similar a uma cera ao realizar experimentos com o aquecimento do diazometano em 1898.

Filme de Polietileno

Logo após em 1933, Eric Fawcett e Reginald Gibson, químicos da ICI Química conseguiram (mais uma vez por acidente) encontrar um material branco parecido com cera através de um experimento de aplicação de alta pressão e temperatura sobre uma mistura de etileno e benzaldeído. Eles não conseguiram reproduzir o experimento porque nele havia entrado traços de oxigênio por contaminação.

Somente em 1935 outro químico da ICI, Michael Perrin, conseguiu (olha que coincidência: por acidente) reproduzir o experimento de seus outros dois colegas e encontrar o mesmo material branco graças a um vazamento que gerou a necessidade de se inserir mais etileno (contaminado com oxigênio). Só que desta vez conseguiram identificar que era necessário uma certa quantidade de oxigênio para se iniciar a polimerização.

A partir de 1939 se iniciou a produção industrial de Polietileno, que hoje em dia é usado para produzir peças plásticas, filmes plásticos, garrafas PET (Polietileno Tereftálico), tubulações e etc.

Páginas:«1234