Visualizando posts com a tag " youtube"

Sua vida trouxe você até aqui…

nov 9, 2006   //   por Blog Corporativo   //   Blogs específicos  //  3 Comentários

prisma.jpg…este é o título de mais um blog de produto recém-lançado. Nesse blog não é dito nada sobre o lançamento do Prisma, o novo automóvel da Chevrolet. Mas podemos ver facilmente que o blog é parte da campanha publicitária da GM na página de perfil do mesmo.

Já vimos aqui que o blog é uma ótima ferramenta de posicionamento em ferramentas de busca. Aparentemente a GM e sua agência publicitária responsável pela campanha adotaram o blog para tornar a vida de um certo personagem fictício mais real e ganhar visibilidade.

Uma pena que eu seja meio contra blogs de personagens fictícios, mas o que valeu aqui foi a tentativa de se posicionar na rede e espalhar o curto vídeo viral. Sem dúvida, uma campanha de marketing que soube explorar o blog.
O blog foi lançado em outubro, junto com a campanha, mas os posts possuem data de agosto de 1971 até outubro deste ano. Foram “forjados” para dar a idéia de continuidade e do caminho da vida desse nosso personagem. Meu livro aparece no post de maio.

Breve história de domínios

nov 6, 2006   //   por Serendipidade   //   Comportamento  //  Nenhum comentário

zagbook.comSemana passada vi no The Blog Herald a história de uma companhia de Ohio nos Estados Unidos, chamada Universal Tube & Rollform Equipment Corporation, e que possui o seguinte website: www.utube.com.

A companhia alega que milhares e milhares de pessoas acabam caindo no seu website acidentalmente, aumentando o tráfego (e conseqüentemente os gastos) e fazendo com que a companhia começasse a receber ações movidas contra difamação, direitos autorais e outros cybercrimes.

“Erros de domínio” poderíamos dizer.

Algumas palavras usadas juntas para formar o endereço web de uma empresa ou qualquer instituição pode ser problemático ao assumir um certo duplo sentido. Veja uma pequena lista de “domínios azarados” como www.powergenitalia.com ou www.penisland.net.

Imagina colocar um nome parecido com Google.com para seu site?! Que tal googkle.com, ghoogle.com, gfoogle.com ou gooigle.com???

Muitíssimas visitas na certa. Mas o Google já andou caçando esses domínios praticamente homônimos, e ganhou boa parte deles em disputas judiciais.

www.acabou.com.br

Compartilhe suas apresentações

nov 1, 2006   //   por Serendipidade   //   Criatividade / Inovação  //  2 Comentários

Conheça SlideShare, o YouTube do PowerPoint. Naveguei pelas apresentações populares e algumas de auto-ajuda. Muita coisa interessante por lá.

Veja essa divertida apresentação com dicas sobre como posicionar seu blog e crescer a audiência.

Boca-a-boca 2.0

abr 3, 2006   //   por Serendipidade   //   Comportamento  //  Nenhum comentário

(c) yotophoto.comVocê já se deu conta que o mundo está andando muito rápido com a Internet, e o que valorizamos como interessante pode ser a sua opinião sobre qualquer pessoa, projeto, idéia no mundo?

A Internet nos trouxe uma espécie de palanque para que colocássemos nossas opiniões. Quem quiser que escute. Só que em alguns casos milhares de pessoas escutam. No final das contas a sua idéia ou ação repercute gerando uma celebridade da noite para o dia.

Música:
A banda Arctic Monkeys lançou algumas músicas on-line e se tornou super popular antes mesmo do primeiro CD ir às lojas. O mesmo está acontecendo com a Sigur-Ros

Livro:
Todos cansamos de ouvir falar em Bruna Surfistinha e no seu blog que virou livro. Na europa o livro Geração 1000 Euros foi escrito e colocado para download gratuito em dezembro de 2005. Com mais de 20 mil downloads em 4 meses, o livro será traduzido para outras línguas e publicado em papel em vários países europeus.

Fama:
Subir no palco com o Bono Vox poderia gerar no passado somente uma entrevista na TV, hoje a Internet projeta a pessoa a níveis jamais sonhados. Os blogs comandam esse efeito em sua vasta rede de interligações, e os blogs também podem projetar você.

Filmes:
Milhares de pessoas assistem a vídeos inusitados no You Tube ou no Google Video, fazendo com que qualquer pessoa se torne um cineasta (nas suas devidas proporções) da noite para o dia.

Páginas:«123