CrowdSpirit à vista

set 5, 2007   //   por Serendipidade   //   Marketing / Negócios  //  4 Comentários

Eu sou um dos 500 beta testers da plataforma do CrowdSpirit. Eles abriram a versão beta há 1 semana aproximadamente.

O Crowdspirit é uma comunidade para gerar idéias na criação de novos produtos eletrônicos. Cada idéia de produto é votada e passa a figurar um ranking de classificação. A idéia poderá receber sugestões de melhoria por outros usuários, os quais acumulam pontos. Uma idéia identificada que possua interesse de investimento será executada e vendida comercialmente, e os responsáveis pela idéia e melhoria recebem royalties ($$) por isso. Ah, é possível enviar problemas também, ao invés de idéias (a solução).

Hoje recebi um email deles informando que a versão Beta está bastante estável e que eles deverão abrir para o público em geral daqui há 2 ou 3 semanas. Já está rolando umas idéias legais por lá, algumas absurdas (e estou falando na qualidade de engenheiro eletrônico) e outras viáveis.

Como toda comunidade virtual, é bastante interessante acompanhar e participar das discussões até para poder começar a se empolgar com a idéia de enviar idéias ou problemas. A curva de aprendizado para usar a comunidade é bastante pequena.

Quando falamos em cadeia produtiva, os fornecedores da matéria prima buscam enxergar as demandas dos clientes para controlar a produção. O Crowdspirit pode funcionar como um avaliador de tendências com essa finalidade, servindo as empresas como um ótimo indicador tanto da criação de novos produtos quanto do desejo dos consumidores.

4 Comentários

  • Tenho algumas dúvidas:
    - Como evitar que boas idéias geradas por lá não sejam copiadas fora desse ambiente sem que seus autores ganhem com isso?
    - Será que esse não seria um problema (ou uma dúvida) que afastaria boas idéias e bons empreendedores?
    Abraço!

    • Eles tem um FAQ que cobre essa dúvida:

      http://www.crowdspirit.com/blog/category/faq/

      No geral, foi mencionado que cada idéia passa a ser de propriedade intelectual da empresa e que, com isso, eles teriam muito mais poder de barganha com fabricantes e uma maior proteção a cópias.

  • [...] tempo atrás mencionei o Crowdspirit e que eu fazia parte da equipe de beta-testers da bagaça. Pois então. Há dois [...]

  • [...] eu tive a oportunidade de participar como beta tester de uma plataforma de colaboração chamada CrowdSpirit, a idéia do site era pegar sugestões de novos produtos eletrônicos com a comunidade de usuários [...]

Escreva um comentário