Visualizando posts em "Blog Corporativo"

O papel do líder de TI no contexto das mídias sociais

mai 8, 2009   //   por Blog Corporativo   //   Blog Corporativo, Blogs específicos  //  1 Comentário

Mês passado eu concedi uma entrevista à Revista CIO falando um pouco da forma de entender essa revolução das mídias sociais e qual o papel que esses CIOs/Líderes de TI possuem nas iniciativas de implementação de redes sociais nas empresas. Ainda não consegui a revista, mas hoje recebi o clipping da matéria e aqui vai um pequeno trecho (veja o conteúdo completo aqui):

[...] Por isso, segundo o especialista, mesmo que a área específica do CIO não pretenda adotar projetos de web 2.0, o executivo deve ter os conhecimentos necessários para gerenciar esse modelo de aplicação. “Esse conhecimento, no entanto, só é conseguido por meio da experiência real de utilização das ferramentas colaborativas”, afirma Cipriani.

Ele explica que, para tanto, os líderes de TI devem criar perfis pessoais em redes como o Twitter, Facebook e LinkedIn. Além disso, precisam acessar e participar de discussões em blogs, fóruns e comunidades. “Tudo isso é necessário para que o gestor entre realmente no mundo das mídias sociais e consiga adaptá-las ao negócio”, diz o consultor.[...]

Hoje topei com um post do George Colony, Chairman e CEO da Forrester, entitulado “Como CEOs podem entender tecnologias sociais?”. Entre outras palavras, Colony falou que não há outra forma de entender as mídias sociais senão usando-a.

[...] Social [Media] é como sexo. É divertido falar e ler a respeito, mas você não pode compreendê-lo completamente ao menos que você o faça.[...]

Falamos a mesma coisa mas com apelos diferentes. Bom saber que estamos alinhados pois os profissionais de mídia social devem falar a mesma língua nesse mar de desentendimento. Só assim se gera mais resultado e se educa mais e mais pessoas nessa área.

Tem algo que falei e que não foi publicado. Vou repetir aqui para completar o conteúdo da reportagem.

Além de entender as novas tecnologias (no caso tudo sobre mídia social), o CIO também precisa garantir que as ferramentas selecionadas estão alinhadas com e suportam as necessidades de negócio (efetividade) e a gestão do portifolio de TI (menor custo mantendo mesma efetividade).

Quantidade ou Qualidade?

abr 13, 2009   //   por Blog Corporativo   //   Blog Corporativo  //  8 Comentários

Um dos assuntos mais inúteis em se tratando de mídias sociais é a velha e surrada conversa sobre quantidade de conexões versus qualidade das mesmas. Enquanto que a primeira aumenta suas chances de ser ouvido, aumenta o número de conexões mais efetivamente com o tempo e pode refletir sua reputação, notoriedade ou fama, a outra também pode refletir seu valor, sua capacidade de se conectar e gerar oportunidades e trazer mais resultados positivos das interações com suas conexões segundo seus objetivos.

Releia a última sentença. Inverta os benefícios de cada uma e você terá, de novo, uma frase verdadeira.

Essa discussão é perda de tempo. Se você está usando blogs ou Twitter para se comunicar com o mercado, seja hospitaleiro, responsivo e, principalmente, mantenha o foco no objetivo.

Quantidade tem mais apelação porque é explícita e simples de mensurar. Se seu objetivo for puramente número de leitores/conexões, é bom rever sua estratégia social porque ele pode significar zero em retorno para seus negócios.

Para refletir

Política de blogs da IBM é mais social do que eu imaginava

mar 23, 2009   //   por Blog Corporativo   //   Crises, problemas e riscos  //  3 Comentários

Acabei de descobrir que a IBM, umas das empresas mais blogueiras do mundo, teve a sua política de uso para blogs preparada com a ajuda dos  próprios funcionários-blogueiros por meio de um wiki. Meio tarde para algo que foi criado em 2005 e que foi mencionada no meu livro com uma das referências em políticas de uso de blogs, mas mesmo sendo tarde (e não nunca), não deixa de ser uma grande informação que merece ser compartilhada.

Se eles comprarem a Sun então… o mundo blog corporativo migrará para uma outra dimensão.

Leia mais (em inglês) aqui.

Uma forma fácil de se comunicar com clientes, mas…

mar 12, 2009   //   por Blog Corporativo   //   Blog Corporativo  //  4 Comentários

Vira e mexe eu cito as pesquisas do eMarketer aqui no blog. Essa é bastante interessante: Número de leitores de blogs corporativos cresceu significativamente nos último 4 anos e a confiança seguiu essa tendência.

Pensem duas vezes antes de falar que ninguém lê blogs corporativos.

Mas… ok folks… eu concordo com vocês que nos Estados Unidos a história é diferente, temos fanáticos, micro-celebridades e muita gente interessada, além de um grande número de bons blogs escritos de forma autêntica e por um executivo apaixonado por diálogo. Aqui na Holanda blogs corporativos são muito populares também.

Ler é passivo, não acho que ninguém deixaria de ler um bom blog se esse fosse bom. Meus dois blogs são bastante acessados e nada mudaria se eu estivesse blogando para uma marca, porque eu o faria de modo pessoal (se a marca permitisse, é claro).

O problema aqui não é número de leitores, é qualidade do blog e o mais importante: participantes ativos.

Nesse ponto, o brasileiro, que se vangloria como o “mais sociável“, perde sua máscara como o mais preguiçoso na hora de mexer a bunda, ou melhor, o cérebro – meu Blog Corporativo Wiki é um fracasso (como wiki, não como referência), os que se candidataram para ajudar NUNCA fizeram nada, se com wiki é assim, qualquer tentativa de blog pode morrer no esquecimento mesmo – brasileiro só gasta seu tempo online xeretando na vida alheia. Além disso, começo a achar o brasileiro muito egoísta na hora de ajudar ou dividir conhecimento (na média, muitos dos meus leitores são exceções), mas pra que vou ajudar o Fábio Cipriani montar a maior referência em blogs corporativos se depois é ele quem vai vender mais livros? Perfeito! Essa é a filosofia que espero… :-(

Ligando os fatos: se ninguém colabora é porque ambos blogueiros e leitores ou são egoístas, ou desinformados ou limitados.

Eu continuo meus blogs, meus livros, meu wiki e minhas colaborações por gosto. Por que nosso mundo depende de conversasões. Muito ganhei com isso. Então não me venha dizer que seu blog corporativo não tem leitores, comece a gostar também.

17 formas de encontrar assuntos interessantes para seus posts corporativos

mar 6, 2009   //   por Blog Corporativo   //   Blog Corporativo  //  10 Comentários

Uma listinha boa para um brainstorm de idéias para o próximo post do seu blog corporativo. Como peguei só a essência da sugestão, recomendo a leitura do post completo no Bloghound (minha fonte para esse post).

1.    Comentando conferências e encontros

2.    Novos estudos e resultados de pesquisas

3.   Vídeos no YouTube (Acho que linkar vídeos por linkar não vale. Tem que comentar e acrescentar ao conteúdo)

4.    Recomendações de livros

5.    Notas ou emails de clientes, funcionários e parceiros (Confirme primeiro se a pessoa aceita ser comentada no seu post).

6.    Histórias sobre pessoas / personalidades

7.    Visões e opiniões sobre notícias

8.    Jantares / reuniões com clientes

9.   Faça uma entrevista com alguém

10.   Compartilhar dicas e melhores práticas de gestão

11.   Compartilhar uma apresentação

12.   10 coisas que me surpreendem sobre… ou qualquer outro top 10 relevante

13.  Comente sobre outras empresas elogiando e colocando seu ponto de vista em evidência

14.  Use metáforas para explicar temas relacionados a seus negócios

15.  Teça críticas construtivas a terceiros e artigos

16.  Assuma um dos lados de um ponto de vista que divida o mercado onde sua empresa atue

17.  Resultados históricos (soluções de problemas)

Ninguém lê blogs corporativos… e daí?!

fev 26, 2009   //   por Blog Corporativo   //   Blog Corporativo  //  10 Comentários

Blog é um canal de comunicação. Você pode participar se quiser… repito: SE QUISER.

Assim como você pode ligar para um call center SE QUISER. Você pode ligar para o seu vendedor SE QUISER. Você pode ainda processar uma empresa SE QUISER.

Mas muitas das coisas acima você faz na verdade porque PRECISA. Você PRECISA de mais informação sobre um produto, você PRECISA tirar uma dúvida, ou você PRECISA resolver um problema – ou melhor – a empresa não foi capaz de te dar um serviço decente ou um produto de qualidade e acabou PISANDO NO SEU CALO gerando um problema… daí no final você meio que PRECISA mesmo…

De um lado temos INTERESSE do outro NECESSIDADE.

Sua empresa pode ser mestre em relacionamento e ter uma marca sensacional. Seus consumidores são fãs e tudo que você faz possui legiões de seguidores. Você é um mestre na arte de gerar INTERESSE. Por outro lado você pode ser mestre em material viral e polêmica. Uma máquina de fazer buzz. Seus consumidores PRECISAM ficar de olho em você porque você é pop.

No final das contas a sua empresa pode ter 1000, 100 ou 2 leitores (o dono da empresa e o blogueiro) do seu blog, mas se ela não consegue atrair leitores (nem eu) porque não tem um conteúdo atraente, uma marca famosa ou planejamento, eu vou ficar muito feliz e contente se no momento da minha NECESSIDADE e eu QUISER usá-lo como canal de comunicação, alguém do lado de lá me dê direção, atenção ou solução.

Prometo que ainda vou blogar, contar aos meus amigos e quem sabe até recomendar você caso isso aconteça. Excedeu minhas expectativas.

Pra quê se preocupar com número de leitores?

6 maneiras de fazer a web 2.0 funcionar na sua empresa

fev 18, 2009   //   por Blog Corporativo   //   Blog Corporativo  //  Nenhum comentário

Artigo da McKinsey Quarterly sobre o tema mais discutido do momento nas rodas de marketeiros. Só que desta vez eles querem falar em tom corporativo e amplo.

Mas não estou linkando o artigo para que vocês apenas se beneficiem do conteúdo. Isso porque tem coisas alí que eu não concordo. Pode ser que eu esteja errado, mas eu não concordo. Se alguém quiser me dar a luz que guia o caminho dos despreparados, sou todo ouvido. Como educação – de novo aquela tecla que sempre falo aqui no blog – ele serve 100%.

Primeiro, na figura sobre as tecnologias web 2.0. Eles classificam RSS na categoria de “Criação de Metadata” – Pergunto: Como?! RSS na minha concepção é uma forma diferente de espalhar seu conteúdo, e não uma forma de metadata que adiciona informação ao conteúdo original. Estou certo? Já que estamos falando de ferramentas de web 2.0, alguém poderia me dizer o que é “Predictions Markets” e “Information Markets”?

Segundo, na frase “While they are inherently disruptive and often challenge an organization and its culture, they are not technically complex to implement. Rather, they are a relatively lightweight overlay to the existing infrastructure and do not necessarily require complex technology integration.” – Ok, condordo que você pode colocar um WordPress de pé em minutos. Mas dizer que web 2.0 é um mero “overlay” é muito 2006. Hoje em dia se fala de integrar os dados mesmo de sites terceiros como Facebook e afins para dentro de casa. Ou você vai querer mesmo manter alguém visitando manualmente as páginas de milhares de perfis para sempre?

Terceiro, as 6 maneiras soam para mim os clássicos exemplos de fatores críticos de sucesso de qualquer projeto de consultoria:

  1. Buy-in dos executivos
  2. Escutar os usuários
  3. Tem que por no processo (e até pagar por isso) senão ninguém usa
  4. E se for pagar, tenha certeza que não é só por isso que você quer que web 2.0 dê certo
  5. Acerte no time
  6. Mantenha o controle dos riscos e estabeleça planos de ação

Cadê a educação dos funcionários em termos de treinamento (awareness!!!).

Twitter para empresas

fev 3, 2009   //   por Blog Corporativo   //   Blog Corporativo  //  6 Comentários

Repassando a dica do Juliano recebida do Radfahrer.

É o Yammer.

Com base no domínio da sua empresa no seu email (após o @), esse Twitter diferente apresenta, de forma restrita, outras pessoas da mesma empresa que também estão usando a ferramenta. Assim você segue e pode ser seguido por pessoas de dentro da sua própria organização.

Fácil, rápido e passando por cima de ferramentas de comunicação velhas e ineficientes de muitas companhias por ai.

Como lidar com comentários negativos nos blogs

jan 26, 2009   //   por Blog Corporativo   //   Blog Corporativo  //  2 Comentários

Já falei sobre o assunto em algumas das entrevistas que concedi anteriormente, mas aí vai um video (em inglês) de uma entrevista do The Wall Street Journal com Bruce Weinberg, professor do departmento de marketing da Universidade de Bentley.

Principais obstáculos para adoção do blog como canal de comunicação

jan 13, 2009   //   por Blog Corporativo   //   Blog Corporativo  //  10 Comentários

Um update para bater na tecla do que considero os três principais obstáculos que ainda – em pleno 2009! – impedem a utilização do blog como canal de comunicação com os clientes:

  • Falta de informação – Esse é o obstáculo mais velho e que me fez escrever um livro para explicar o que é um blog corporativo. A falta de informação faz com que os executivos não considerem o blog como uma ferramenta que pode trazer benefícios para a companhia. Ou ainda, pode fazer com que o blog seja entendido de maneira completamente equivocada.
  • Dificuldade em comprovar o retorno do investimento – A eterna briga por mais orçamento dos departamentos de marketing tem como pivô a incapacidade de demonstrar em indicadores tangíveis o resultado das ações tomadas (que são na maioria mensuradas apenas por indicadores intangíveis). É preciso converter os benefícios do blog em resultados financeiros. Afinal de contas essa é a linguagem que os tomadores de decisão entendem muito bem.
  • Planejamento deficiente – Os dois obstáculos anteriores inibem um bom plano de ação para colocar o blog em pé. As duas principais perguntas que devem ser respondidas por esse planejamento são: Sua empresa precisa mesmo de um blog? Se sim, como então vender a idéia e quais serão seus objetivos?
Páginas:«1234567...26»