Visualizando posts com a tag " Blogs"

Nicho do nicho do nicho

mar 20, 2006   //   por Serendipidade   //   Criatividade / Inovação  //  1 Comentário

(c) yotophoto.comPara quem já viu e conhece a recém nascida teoria do “Long Tail“, sabe que a web possibilitou o enriquecimento de nichos específicos de mercado, que antes ficavam escondidos demais, ou muito inacessíveis devido a distância e velocidade lenta da informação.

Isso nos dá a idéia de que a segmentação é muito importante para as decisões de marketing, e que sempre existirá um segmento interessante para se explorar.

Um amigo me comentou sobre uma propaganda da TV a cabo muito interessante quando falamos de segmentação. Era basicamente algo assim (números fictícios em alguns casos para ilustrar):

O Brasil possui mais de 180 milhões de habitantes. Desses 180 milhões, 2,5 milhões são assinantes de TV a Cabo e fazem parte principalmente das classes média e alta. Desses 2,5 milhões de assinantes, apenas 100 mil são da classe alta, e respondem por 80% do consumo de produtos e serviços no Brasil. Anuncie na TV a Cabo.

Eu colocaria a idéia acima do seguinte modo para as empresas hoje:

Segmentar é viável e imprecindível. Personalizar é ir além da segmentação, é ser um pra um, é o ideal. A Internet é uma vitrine de segmentos. E na Internet, o blog é a ferramenta de personalização. Use blogs na sua empresa ou nos seus negócios.

Leituras que valem a pena #13

mar 16, 2006   //   por Serendipidade   //   Serendipidade  //  1 Comentário

Comemorando o dia do consumidor (15/03), o qual só conheci ontem por meio da Central de Pesquisa e Divulgação, vai dois artigos interessantes para entender como funciona a NOSSA VINGANÇA contra a má experiência do cliente. O terceiro é bônus para as empresas aprenderem como sobreviver a isso tudo.

Shoppers seek revenge for bad experiences | The Wise Marketer
Alguns pesquisadores começam a falar de um fenômeno denominado a “Vingança dos Clientes”. O uso da internet e a difusão dos blogs ajudaram o crescimento de um segmento de clientes em busca de justiça. (Necessário se registrar).

Beware of Dissatisfied Consumers: They Like to Blab | Knowledge@Wharton
Ainda na linha da leitura anterior, começo a pensar que o dia do consumidor devia ser uma celebração da insatisfação generalizada.

Nine Lives of Leadership | 800-CEO-READ
Mais do que as idéias provocativas do artigo, é de suma importância que as empresas (se quiserem sobreviver), migrem para um Marketing centrado em cliente. (em PDF)

PS.: Para um dia do consumidor, até que a divulgação pela mídia em geral foi bem fraquinha. Medo?

Exemplos de Blogs Corporativos nacionais

mar 13, 2006   //   por Serendipidade   //   Serendipidade  //  13 Comentários

(c) yotophoto.comEstou finalizando meu livro sobre o uso de blogs para melhorar o relacionamento com clientes. Se tudo der certo, deverá ser lançado em meados de maio deste ano.

Venho aqui para pedir ajuda para vocês.

Preciso levantar exemplos nacionais de blogs corporativos ou uso de blogs para buzz marketing no Brasil.

Sei que ainda são casos raros como eu disse aqui, mas espero conseguir o maior número de alternativas possíveis para estudos de caso.

A sessão de “Agradecimentos” do meu livro não esquecerá de vocês! Deixe suas referências.

Medindo a performance e saindo na frente

fev 24, 2006   //   por Serendipidade   //   Marketing / Negócios  //  6 Comentários

Na última vez que falamos de Benchmarking aqui, estávamos explicando o que era o termo e destacando alguns conceitos.

Recebi alguns e-mails pedindo mais detalhes sobre o assunto. Alguns pediam um roteiro ou metodologia de emprego de um estudo desses, e outros perguntavam sobre maneiras de se obter informação de outras empresas.

Na verdade o Benchmark é somente o “Marco de Referência”. Podem ser números ou atividades que queremos confrontar com nossos resultados ou operações. Pegamos nossos indicadores principais (KPIs) e nossas atividades atuais e comparamos o que o mercado produz dando subsídio para decisões e planejamentos estratégicos. A figura abaixo mostra a metodologia passo-a-passo de uma implementação do estudo de benchmarking.

(c) serendipidade.com

A busca por informações não é um processo simples, mas com a internet ficou mais fácil acessar informações de empresas, e este é seguramente o ponto de partida. Depois temos visitas, pesquisas com clientes, entrevistas, acesso a dados normativos ou reguladores de um negócio específico, etc.

Em se falando de medir performance do seu negócio, só a comparação com o mundo externo em uma tabela de indicadores importantes não basta, é necessário fazer acontecer suas operações internas, para isso temos o Balanced Scorecard e outras ferramentas.

Indo mais além, o benchmark reflete um resultado já obtido no presente, é importante olhar o futuro também, como diz o guru de negócios Tom Peters: “Não faça benchmarking, faça futuremarking”.

Monitorando a Blogosfera

fev 15, 2006   //   por Serendipidade   //   Marketing / Negócios  //  2 Comentários

(c) yotophoto.comSegundo a Technorati, mais de 70 mil novos weblogs são criados todos os dias, e mais de 50 mil novos posts são efetuados por hora. Com o universo em expansão de 27,9 milhões de blogs, um novo desafio se faz presente: Filtrar todo esse conteúdo e trazer aquilo que realmente importa.

Os blogs são uma fonte formidável de informações importantes e estratégicas para qualquer negócio. São opiniões, críticas, idéias, complementos e elogios sobre qualquer tipo de produto, serviço ou assunto. O Cluetrain Manifesto nos apresenta mais detalhes dessa tendência.

Por esse motivo, diversas empresas e startups estão se movimentando para tentar trazer soluções inteligentes (e caras) para auxiliar as empresas no acompanhamento das tendências de mercado e da voz dos clientes.

Começando pelas mais baratas, temos o MarcaPop e sua comparação entre duas marcas distintas de produtos ou empresas, confrontando o número de citações em blogs. Depois temos websites como o Opinmind, que separa os posts que falam bem e os que falam mal de determinada palavra chave, e o PubSub com sua ferramenta de monitoramento e aviso quando uma determinada palavra ou frase é citada na blogosfera.

Para uma empresa que queira investir alguns dólares em uma ferramenta mais robusta, existem opções de até 100 mil dólares ao ano. Nessa faixa temos a Biz360 (a partir de 15 mil ao ano), a Cymfony (a partir de 45 mil ao ano) e o Blogpulse (a partir de 75 mil ao ano), entre outras fornecedoras desse tipo de serviço (Umbria, BuzzMetrics, ImpactWatch, etc.)

O top de linha é da IBM, que juntamente com a Factiva, lançaram no final de 2005 o Public Image Monitoring Solution. Uma solução voltada para grandes empresas e que custa mais de 150 mil dólares.

Leituras que valem a pena #11

fev 10, 2006   //   por Serendipidade   //   Serendipidade  //  Nenhum comentário

Ten trends to watch in 2006 | The McKinsey Quartely
As estratégias de marketing das empresas estão se adaptando em função das tendências de curto e longo prazo que estão se desenhando. A McKinsey evidenciou 10 tendências que devemos observar em 2006, que estão mudando os cenários competitivos. (Necessário se registrar)

Desta vez trago dois blogs que são leituras interessantes também.

Creating Passionate Users | Kathy Sierra / Bert Bates / Eric Freeman
Os três autores são entusiastas da mente e seu modo de funcionamento. Trazem artigos interessantes de relacionamento com clientes, usuários, funcionários, e demais no âmbito empresarial ou não.

MIT Advertising Lab | Ilya Vedrashko
Um blog voltado para o futuro e tecnologia na publicidade. Explora exemplos inovadores e algumas vezes inusitados usados em campanhas publicitárias pelo mundo.

Números!

fev 7, 2006   //   por Serendipidade   //   Marketing / Negócios  //  1 Comentário

Não obtive os dados 2006 da pesquisa abaixo, mas aí vão algumas observações importantes que garimpei na rede no âmbito dos blogs corporativos.

(c) emarketer.com

Dentro do universo dos 64% que podem vir a anunciar em Blogs ou usá-lo como ferramenta de marketing, temos os seguintes fatos:

- De todos os websites das empresas listadas no S&P 500, apenas 4% delas possuem blogs
(Fonte: eMarketer)

- Apenas 12% dos adultos online lêem blogs regularmente
(Fonte:Forrester Research)

- 22% das empresas estão usando ou planejando usar blogs como ferramentas de marketing
(Fonte:CMO Magazine)

Os dados acima são do mercado Norte Americano.

Os Estados Unidos possuem mais solidez em Blogs Corporativos, e o desejo de participar é grande entre as empresas. Mas a prática demonstra que as empresas tendem a ser conservadoras na adoção de novas práticas, e que estão apenas começando.

Leituras que valem a pena #10

jan 31, 2006   //   por Serendipidade   //   Serendipidade  //  2 Comentários

Mundo Corporativo – n.11 | Deloitte
Revista de negócios da consultoria onde trabalho. Destaque especial para a reportagem Blogosfera, que fala sobre o assunto do momento: Blogs corporativos. (em PDF)

The new rules of PR: How to create a press release strategy for reaching buyers directly | David Meerman Scott
Artigo de um reconhecido autor de livros. Apresenta estratégias de comunicações adequadas para a web. (em PDF)

Flipping the Funnel | Seth Godin
O autor nos apresenta sua visão da nova maneira de “filtrar” os seus clientes na realidade da internet atual, nesta versão voltada a profissionais. A idéia é inverter o funil e, de filtro, transformá-lo em megafone utilizando ferramentas web 2.0. (em PDF)

Blogs – Sua empresa está nua!

jan 26, 2006   //   por Serendipidade   //   Serendipidade  //  4 Comentários

(c) exame.com.brConforme apresentei no post anterior, começou a circular hoje (26/01) nas bancas a edição 860 da Revista Exame que fala sobre a influência dos Blogs nas empresas.

Serendipidade.com agradece a reporter Camila Guimarães pela consulta na discussão do tema, e pela oportunidade de ter apresentado fatos e links importantes para a conclusão da matéria.

Blogs corporativos no Brasil

jan 25, 2006   //   por Serendipidade   //   Marketing / Negócios  //  5 Comentários

(c) Yotophoto.comRecebi recentemente um contato de uma reporter da Revista Exame, que está fazendo uma pesquisa sobre blogs corporativos para uma matéria a ser publicada em breve.

Conforme eu disse neste post anterior, a idéia do que é um blog ainda está amadurecendo no país, e exemplos tupiniquins de blogs corporativos são raros de se encontrar.

Arriscaria dizer que nenhuma grande empresa nacional, ou multinacional presente no país se ocupou dessa novidade em franco crescimento no exterior, principalmente nos Estados Unidos. E é difícil negar que o blog possa agir como um canal de comunicação interativo com o cliente, o seu crescimento é um fato real, bem como o número de pessoas que passam a acessar a Internet dia após dia.

Exemplos nacionais seguem atualmente um nicho muito específico: o micro-empreededorismo, que por sua vez é dividido em duas categorias distintas. São os empreendedores virtuais (especificamente os web 2.0), e pequenas empresas autônomas.

No primeiro subgrupo, temos o exemplo da Camiseteria, e no segundo temos alguns blogs de autores de livros ou palestrantes, blogs jornalísticos dentro ou fora de um veículo de comunicação, e por fim, este blog famoso de um negócio muito antigo, que no fundo não deixa de ser um “blog corporativo”…

Páginas:«1...1617181920212223»