Visualizando posts com a tag " livro"

Blogs Corporativos: Por onde começar?

jun 17, 2007   //   por Blog Corporativo   //   Blog Corporativo  //  Nenhum comentário

Para quem leu o livro e quer refrescar a memória, o Rodrigo Prior dá uma explicação com poucas palavras em seu blog.

Blog afetando a produtividade dos profissionais

mai 25, 2007   //   por Blog Corporativo   //   Blog Corporativo  //  4 Comentários

Hoje eu li na INFO Online uma matéria sobre uma pesquisa da YouGov que publicou alguns resultados sobre a relação dos funcionários de empresas, seus superiores, sua empresa e o blog.

O resultado não surpreende: As empresas estão olhando feio para funcionários que possuem blogs pessoais e perdem seu tempo produtivo para atualizá-los.

A pesquisa traz alguns número como: em 39% dos dois mil blogs pesquisados, as pessoas postam informações que podem levar à demissão. Mas as empresas não gostam de blogueiros de qualquer maneira.

No livro eu já apontava esse problema e apresentava soluções como a criação de políticas de uso e normas de segurança de informações. O problema do “não-trabalho” não se restringe aos blogs, as empresas estão buscando pretextos para amolar seus funcionários. Quanto tempo já não é gasto com internet, chats, cafézinhos toda hora, reuniões mal planejadas, desinformação, conflitos de informações, comunicação ineficiente, falta de gestão da cultura da companhia, etc, etc, etc…

Não é necessário barrar blogs no firewall da empresa, basta diálogo e encontrar uma saída para canalizar essa energia dos seus funcionários… crie um blog corporativo.

Pequenas Empresas Grandes Negócios

mai 9, 2007   //   por Blog Corporativo   //   Blog Corporativo  //  1 Comentário

pegn.jpgO Blog Corporativo é destaque na edição de maio da revista Pequenas Empresas Grandes Negócios.

O texto abaixo foi retirado do site da revista, e foi baseado em trechos do livro.

Confira aqui algumas dicas para criar o blog de sua empresa

Políticas de uso - Determinar e documentar as políticas de uso do blog levando em conta seu tipo, assunto e o tipo de escritor que vai utilizar (externo, interno, presidente, diretor, etc). A política tem a finalidade de proteger a empresa contra a divulgação de informações confidenciais, de proibir o uso de palavras de baixo calão ou discriminação racial, e de prevenir problemas judiciais por artigos mal escritos ou comprometedores. Ela deve ser revista e avaliada pelas lideranças da companhia.

Normas e procedimentos - Estabelecer quais serão os procedimentos para manter a página atualizada, estabelecer quem vai possuir acesso à administração do blog, quando e quantas vezes será permitida a publicação de textos. A norma é importante para evitar um exagero no número de textos (posts) publicados, ou a falta deles. Também deve ser revisto se o blog será aberto a comentários, quam os fará e se será feita uma moderação, para evitar comentários de pessoas mal-intencionadas.

Manuais e treinamentos - Seja qual for o resultado da escolha para o escritor do blog, é necessário e importante treiná-lo e prepará-lo para utilizar o blog. Não tanto pelo aspecto do uso da tecnologia, o que é relativamente simples, mas principalmente pela melhor preparação da pessoa responsável pelos textos.

Alinhamento organizacional - Todo projeto pode causar impacto em todo o corpo de funcionários, para o bem ou para o mal. As pessoas geralmente se interessam por novidades da empresa, mas é sempre bom mantê-las atualizadas sobre os últimos passos antes do lançamento oficial do blog. Elas poderão ser de grande valia no momento de espalhar essa novidade.

Ferramenta - Determinar qual será a solução para blogs utilizada pela sua empresa. Dentre os tipos existentes, temos os servidores de blogs gratuitos (não são uma boa opção, pelo fato de existirem algumas limitações, além da falta de privacidade), como é o caso do Blogger (www.blogger.com). Temos também os servidores pagos de hospedagem de blogs, como o TypePad da Six Apart (www.sixapart.com/typepad). Uma alternativa um pouco mais complexa seria instalar uma plataforma de blog em um servidor próprio ou alugado pela empresa, e aqui podemos usar uma plataforma gratuita, como o WorldPress (www.worldpress.org), ou paga, como o Movable Type (www.sixapart.com/movabletype), também da Six Apart.

Endereço web - Estabelecer como será o endereço na internet do seu blog. Caso ele seja hospedado gratuitamente ou em um serviço on-line pago, provavelmente seu endereço carregará parte do domínio do serviço de hospedagem, como por exemplo http://suaempresa.blogger.com . Talvez seria mais interessante registrar o seu próprio domínio com um nome personalizado e único, mas, para isso, a melhor escolha seria usar as plataformas de solução para blogs em servidores internos ou alugados. Assim, seu nome de domínio ficaria www.suaempresa.com.br ou www.seublog.com.br, alternativas que deixariam o seu blog mais personalizado e fácil de acessar.

Seu Sucesso

mai 2, 2007   //   por Blog Corporativo   //   Blog Corporativo  //  Nenhum comentário

seusucesso.jpgEste mês o Blog Corporativo está em evidência na revista Seu Sucesso.

O livro aparece em destaque com a reportagem repartindo espaço com cases nacionais e opiniões de outros especialistas no assunto.

Desconto para comprar Blog Corporativo

mai 2, 2007   //   por Blog Corporativo   //   Blog Corporativo  //  Nenhum comentário

A Novatec está abrindo um desconto especial para quem comprar por meio da minha indicação. No momento de efetuar a compra, insira o código abaixo no campo “Código da Promoção”. Atente para a data de validade desta promoção.

Código da Promoção: BLOG
Desconto: 20%
Validade: 31/05/2007

Passado? ou Futuro?

abr 25, 2007   //   por Serendipidade   //   Criatividade / Inovação  //  2 Comentários

Passado pAssado FuturoVou chamar aqui de passado ou futuro os dois caminhos que podemos dar em nossas vidas no que diz respeito a preferências de estudo ou desenvolvimento intelectual.

De fato, sem os dois não formamos base nenhuma para nos desenvolver, mas sempre seguimos preponderantes em um dos caminhos possíveis. Não sei se arriscaria dizer que existe também o caminho do presente pois não pensei o bastante no assunto, e além disso, o tempo passa muito rápido.

O caminho do passado é uma escolha que nos convida a mergulhar na infinidade de conhecimento registrado que encontramos em bibliotecas, um verdadeiro tesouro. História, filosofia, biografias, e mais além, todo o conhecimento contemporâneo até o dia de ontem que está disponível em bases de pesquisas na internet. Adoramos assistir filmetos youtubados nostálgicos, que resgatam boas lembranças.

Mas o caminho do passado que descrevo é mais profundo, ele significa que apesar do limite físico de informação, ou seja, os livros existentes hoje, a cada dia uma nova descoberta arqueológica pode nos trazer publicações ou hieroglifos de muitos anos atrás. O que dizer então de bibliotecas destruídas pelo furor de guerras ou os livros queimados de outrora? Quanta riqueza não havia na Biblioteca de Alexandria?

Por outro lado, vou chamar de o caminho do futuro aquele de quem busca respostas ainda não encontradas, ainda quando a resposta poderia estar contida em um passado remoto. Talvez seja o caminho da astrologia, da ciência de ponta e tecnologia, da descoberta de novas vacinas ou novas curas que hão de prolongar nossa vida na quase extinta e superaquecida terra.

Acredito que esse caminho só é trilhado por quem faz bom uso da sua bagagem de caminho do passado e mais um punhado de conexões sinapticas. Inovação é o nome da coisa.

Concluo então que o que nos leva à evolução e ampliação de horizontes é o ciclo de dois ou mais passos no passado, para dar um passo largo rumo ao futuro. Como agachar para dar um salto mais longo.

O caminho do passado e o do futuro é o caminho da inovação.

O blog da Kryptonite

abr 14, 2007   //   por Blog Corporativo   //   Blog Corporativo  //  2 Comentários

No meu livro eu dediquei um capítulo para descrever exemplos da importância da blogosfera na formação de opiniões e espalhar um conteúdo sobre fatos relevantes. Um dos exemplos citados foi o da fábrica de cadeados americana Kryptonite.

O fato é que após ter uma executiva (Donna Tocci) blogando paralelamente à empresa, agora eles abriram seu próprio blog oficial. O link ao lado é para o primeiro post e, aparentemente, o conteúdo é escrito pela própria executiva. Até parece que ela andou treinando para então abrir as portas da empresa ao mercado. Se for assim, taí uma boa forma de conhecer a blogosfera antes de colocar sua marca em evidência.

A missão da família

abr 3, 2007   //   por Serendipidade   //   Comportamento  //  4 Comentários

O posicionamento estratégico de uma empresa num mercado se baseia em uma Visão e uma Missão estratégica, para depois se desdobrarem em Diretrizes, e por fim cair nos Objetivos e seus respectivos Indicadores de Performance.

Lindo, organizado e limpo. Para uma empresa.

O que seria de você, ser humano, aplicar conceitos usados em uma empresa na sua casa, para sua família?

Essa semana está sendo divertida.

Após ver a capa de uma revista de futilidades semanais sobre o mega-último-sucesso em auto-ajuda “O Segredo”, novamente me peguei pensando no momento que abandonei outro livro de auto-ajuda (e o único que tentei um dia ler – até para ter opinião a respeito).

O livro é: “Os sete hábitos das pessoas altamente eficazes”.

No final do capítulo do hábito 2, o infeliz declara:

Em meu lar colocamos nossa missão na parede, na sala de jantar, para que possamos olhá-la e monitorar nossas atitudes diariamente.

Neste momento eu fechei o livro e passei a tratá-lo de motivo para chacota. Que espécie de ser humano faz isso? Homo blennus?

Você pode perguntar: Porque eu deixo a recomendação dele ao lado? Ah, simples, é porque isso vende, e eu ganho comissão em cima.

Livro concorrente! E agora?

fev 27, 2007   //   por Blog Corporativo   //   Blog Corporativo  //  1 Comentário

livro9gd.jpgMarcio, valeu a dica nos comentários, esse aqui vai pra vc.

Meu livro foi lançado em Maio/2006, e até hoje no Brasil não existia nenhuma outra fonte de informação sobre blogs voltados para negócios em um bom e velho português. Até hoje. Porque há 2 dias a Thomas Nelson Brasil lançou a tradução (a primeira tradução do gênero) de um livro de Hugh Hewitt chamado: “Blog: entenda a revolução que vai mudar seu mundo“.

Segundo o autor deste livro, milhões de pessoas estão mudando seus hábitos no que diz respeito à aquisição de informação. “Isso aconteceu muitas vezes antes, com o surgimento da imprensa, do telégrafo, do telefone, do rádio, da televisão e da internet – agora, surgiu a blogosfera, e isso foi tão repentino que surpreendeu até mesmo os analistas mais sofisticados”, observa Hugh Hewitt.

Na blogosfera, há um mundo com uma platéia quase ilimitada. Trata-se de uma oportunidade extremamente econômica para se estabelecer uma marca e introduzir novos produtos.

Vale a pena algumas observações:

  • O livro parte do impacto dos blogs na política;
  • O livro foi lançado em janeiro de 2005 nos EUA, com uma edição em junho do ano passado;
  • O livro é interessante por trazer um contexto histórico do blog e vendeu relativamente bem nos EUA;
  • Existem outras literaturas muito mais lúdicas, focadas e completas para quem deseja o blog nos seus negócios como por exemplo (lógico) meu livro, e outros sem tradução para o português como: Blog Marketing, BuzzMarketing with blogs for dummies, entre outros os quais também são bibliografias do meu livro;

Encruzilhada do saber

fev 22, 2007   //   por Serendipidade   //   Comportamento  //  6 Comentários

Cenário 1:

Você trabalha todo dia no seu posto de trabalho. Não vê possibilidades de crescer no emprego. Acha oneroso mas se sente acomodado em travar, todos os dias, a mesma batalha.

Cenário 2:

Você trabalha e ganha dinheiro suficiente para sustentar sua família e se sente feliz e completo com isso. Não sente que é necessário buscar degraus mais altos porque sua vida está formidável.

Chamei de a “Encruzilhada do Saber” o momento em que alguém decide ver TV ao invés de ler um livro técnico ou estudar um novo e curioso assunto. Ou a decisão de conversar com um colega de trabalho querendo explorar todo o processo da companhia em troca de deixar de lado o orkut, um copo de café regado com conversas paralelas ou mensagens improdutivas do MSN.

Me sinto curioso em saber porque essas coisas nos dão prazer ao contrário dos temas que enobrecem e ajudam o crescimento do intelecto. Algo como se a encruzilhada fosse em um morro, onde o lado da subida é o lado “nerd”.

Taí, de repente a nossa natureza (ou biologia) humana nos levou a esse mesmo buraco. Ou a sociedade é assim porque precisamos de pobres ou ignorantes para alimentar de grana os ricos ou astutos e tudo caminhou da maneira como conhecemos.

Queria que alguém indicasse um caminho filosófico para encarar essas questões. Alguma sugestão?

Amarrando o post anterior, fazer um blog com o objetivo de ganhar dinheiro em detrimento da qualidade ou fazer um blog… etc etc…

Páginas:«123456789...15»